Núcleos da Melhor Idade de Seropédica dão um show na Festa de Aniversário de 23 anos do Centro de Atenção Psicossocial Bicho da Seda de Seropédica. O Coral da Melhor Idade, e o Grupo de Dança Folclórica animaram a festa.

O trabalho do CAPS teve início no Bairro de Piranema, em 1996, com a equipe precursora  formada pelos Psiquiatras Luís Carlos, Lecy Caldas e Sergio Alarcon; Assistente Social Jupiara e Terapeuta Ocupacional  Maria da Conceição, vivenciou a transição do modelo hospitalocêntrico e asilar (Internações Psiquiátricas) para a humanização do conceito de Saúde Mental (Serviço de atenção diária) dentro no município.

Em 20 de Setembro de 2001, o CAPS ganha um prédio próprio, construído pela administração da época do Prefeito Anabal Barbosa de Souza. Neste período o CAPS iniciou a transformação da cultura de exclusão, para a possibilidade e concretização do exercício da cidadania, autonomia e repensar das potencialidades de usuários e familiares.

Neste local funciona o CAPSi (infantil) que tem como coordenadora, a Psicóloga Luciana Santos da Costa, e o CAPS (adulto) coordenado pela Enfermeira Carla Andréa Muniz Monteiro. O evento desta sexta-feira (20) foi adornado com símbolos do Setembro Amarelo para lembrar a luta sobre o suicídio, que tem acontecido em demasia em todo mundo. O Vereador Rogério Morcego esteve presente no evento.

A Coordenadora do CAPS Carla disse: “Este mês estamos intensificando as atividades voltadas para prevenção do suicídio. Nós trabalhamos com a valorização à vida diariamente com nossos pacientes. Neste mês, essas ações estão sendo intensificadas por meio da conversa individual. Realizamos uma palestra dando as orientações necessárias aos familiares desses pacientes para que eles fiquem atentos aos primeiros sinais de que algo não vai bem”. Desta Carla Muniz.

O CAPS funciona de segunda à sexta- feira, das 08 às 17 horas (Rua: Euclides Pereira nº 06 Bairro Fazenda Caxias, e atua como a porta de entrada, das demandas relacionadas aos Transtornos mentais e Dependência Química.

 

 

 

Faça o seu comentário