A termelétrica Baixada Fluminense (530MW) recebeu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para operação comercial das duas unidades geradoras da usina, 172MW cada. A usina instalada na cidade de Seropédica é movida a gás natural e produz energia suficiente para abastecer uma cidade de 1,1 milhão de habitantes.

É esperado para este ano o início da geração em ciclo combinado (a gás e a vapor) da usina, com a entrada em operação do seu turbogerador a vapor, que adicionará 186 MW a sua capacidade.

Eólica
A eólica Atlântica V, da CPFL Renováveis, recebeu aval para iniciar a geração comercial, da turbina 4, de 3MW. Com isso, o parque de 30MW de capacidade instalada, já opera comercialmente 18MW. A planta está localizada na cidade de Palmares do Sul, Rio Grande do Sul.

Atlântica V caráter prioritário do Ministério de Minas e Energia (MME) em outubro de 2013, permitindo a captação de recursos por meio da emissão de debêntures de infraestrutura.

CGH
A CGH Santa Bárbara, instalada em Miradouro, Minas Gerais, foi liberada para operar em regime de teste as turbinas 1 e 2, de 0,5MW cada.

A solicitação do início da operação comercial somente poderá ser efetuada após a conclusão da operação em teste e, conforme a pertinência de cada caso, a liberação estará condicionada à apresentação dos documentos.

As liberações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) constam em despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (28/02).

 

Faça o seu comentário