Equipes da Secretaria de Serviços Públicos, e Defesa Civil de Seropédica estão atendendo a população nos alagamentos

0
165

Vários pontos de Seropédica ficaram com as ruas alagadas devido a quantidade de chuvas que caíram nestes últimos dias. 

O Rio Guandu que é a junção dos Rios Santana e Ribeirão das Lajes, e recebe agua em grande volume do Rios Queimados, Poços, Ipiranga, e com isso tem aumentado o volume de água nos canais que cortam o município de Seropédica, entre os de maior volume o Canal do Bois e o Canal do China. O Canal dos Bois nasce no Bairro Santa Sofia, passa pelos Condomínios da Minha Casa Minha Vida, e por dentro do Horto Florestal, recebe a sobra do Rio Guandu quando o nível está alto e desemboca no Rio da Guarda e depois Rio São Francisco.  

Atualmente o Rio da Guarda de Itaguaí também está assoreado dificultando baixar o nível da água do Canal do Bois que corta a Rio São Paulo no km 42.

Juntando o assoreamento destes dois canais, as aguas das ruas demoram muito a baixar criando alagamentos. Várias solicitações já foram feitas ao INEA que responsável pela limpeza dos canais. A última vez que vieram desassorear os canais foi no ano passado, começaram o serviço e não terminaram. Novas solicitações ao INEA foram feitas no Governo do Professor Lucas, só que estamos na fila de outros municípios que também estão com o mesmo problema.

O serviço de desassoreamento destes canais só pode serem feitos pelo INEA que é responsável pela área ambiental e corpos hídricos do Estado do Rio de Janeiro. Outros municípios da baixada estão com uma situação pior. Duque de Caxias, Belford Roxo e Nova Iguaçu também estão com bolsões d’água em suas principais ruas.

Vários municípios do Estado do Rio de janeiro precisam investimentos na área ambiental. Muitos dos fatores são a causa de alagamentos, desassoreamento dos canais e rios da Baixada Fluminense, e o lixo que são jogados nos córregos. Em Seropédica, encontramos nos canais; sofás, pneus, fogão, sacos plásticos, garrafas pet, entre outros lixos.

As equipes estiveram trabalhando neste sábado no Bairro Peixoto, Jardins e Campo Lindo.

A Defesa Civil tem um telefone para atendimento emergencial:  (21) 96726-5939