Sistema de Ensino “gpi” realiza a sua 2° Feira de Ciências e Tecnologia em Seropédica

0
300

Foi realizado neste último sábado (28/11) a 2° Feira de Ciências e Tecnologia do Sistema de Ensino gpi. O evento foi no Salão de Festas “Casa Verde” no Centro de Seropédica e teve participação dos alunos, professores e a Secretaria de Ambiente e Agronegócios de Seropédica. A ideia dos alunos como um ator, um protagonista da sua própria formação, através de aprendizagens concretas e significativas, influenciam decisivamente o movimento de renovação educacional.

O gpi com sua Feira de Ciências e Tecnologia pretende promover a participação ativa dos alunos no seu processo de formação, introduzindo na prática pedagógica cotidiana da escola, a ação de projetos e pesquisas, o uso inteligente da tecnologia, a solução de desafios oferecidos por problemas práticos vividos pela comunidade atendida pela escola, a valorização da cultura local e da produção cultural dos educandos.

Foram montados diversos estandes com projetos voltados a sustentabilidade ambiental, Saúde, reaproveitamento do lixo, e geração de energia limpa. Garrafas pets, caixas de suco, lixo eletrônico, jornal, entre outros materiais recicláveis foram transformados em experimentos científicos. Tais empreendimentos são destinados ao desenvolvimento de uma atitude reflexiva, problematizadora e investigativa, do protagonismo, da invenção e da criatividade.

O trabalho com projetos na educação escolar remonta do final do século XIX e tem origem na ideia anunciada por J. Dewey, em 1897, pela qual as atividades de aprendizagem deveriam ter significado e interesse para os alunos durante o seu desenvolvimento, e não apenas justificadas pela sua alegada relevância para estudos futuros. Para ele, a educação é um processo de vida e não uma preparação para a vida futura e a escola deve representar a vida presente, tão real e vital para os jovens como aquela que eles vivem em casa, no bairro ou na cidade.

A Secretaria de Ambiente e Agronegócios da Prefeitura de Seropédica, participou pela segunda vez da Feira de Ciências e Tecnologia do gpi. Em 2014 a Feira foi realizada no CAIC Paulo Dacorso Filho, onde também, os trabalhos realizados foi de grande significância para o ensino de seus alunos. A Coordenadora de Gestão Ambiental Fabiana Silva, disse: “Nos trouxemos várias mudas de arvores de reflorestamento, para ser doada para os alunos, e fizemos uma Palestra Sobre as ações de reflorestamento, apenas na compensação ambiental, cerca de 55 hectares já foram plantados dentro da Floresta Nacional Mário Xavier  e na área pertencente a EMBRAPA Agrobiologia. Com relação aos plantios realizados por alunos, de 2012 até o exato momento, computamos cerca de 11 mil mudas plantadas, isso sem contar as ações voluntárias, os plantios realizados pelos munícipes em calçadas e em seus terrenos”. Participou também deste evento, o Engenheiro Florestal, Ângelo Gomes, que é Diretor de Fiscalização Ambiental, responsável pela Supressão Vegetal (Corte de Árvores).DSC_0006 DSC_0007 DSC_0008 DSC_0009 DSC_0010 DSC_0011 DSC_0012 DSC_0013 DSC_0014 DSC_0015 DSC_0016 DSC_0017 DSC_0019 DSC_0020 DSC_0021 DSC_0022 DSC_0023 DSC_0024 DSC_0026 DSC_0027 DSC_0028 DSC_0029 DSC_0030 DSC_0031 DSC_0032 DSC_0034 DSC_0035 DSC_0036 DSC_0037 DSC_0038 DSC_0040 DSC_0042 DSC_0043 DSC_0044 DSC_0045 DSC_0046 DSC_0047 DSC_0048 DSC_0049 DSC_0050 DSC_0051 DSC_0052 DSC_0053 DSC_0054 DSC_0055 DSC_0057 DSC_0058 DSC_0059 DSC_0061 DSC_0062 DSC_0063 DSC_0064 DSC_0065 DSC_0066 DSC_0067 DSC_0068 DSC_0069 DSC_0070 DSC_0071 DSC_0072 DSC_0073 DSC_0074 DSC_0002 DSC_0004 DSC_0005