No dia 9 de outubro último, por volta das 10:30Hs, duas carretas colidiram de frente na BR 465 na altura do km 43. O veículo (KVT-8188) da empresa Ipeóleo Comércio de Combustíveis LTDA estava carregado com óleo diesel e o veículo da empresa Colnorte Coleta de Resíduos LTDA (Norte Recicla) transportava chorume oriundo da Estação de Transferência em Bangu.

Segundo informações do representante da empresa Ipeóleo, a carreta seguia em sentido Rio de Janeiro e o outro veículo, em sentido oposto. Com o impacto da batida houve derramamento e combustão do produto inflamável. Adjacente ao local do acidente estava sendo montada toda a estrutura para a comemoração do aniversário da cidade – EXPO Seropédica.

O Corpo de Bombeiros chegou ao local em aproximadamente 3 min, iniciando o combate às chamas, posteriormente a Policia Rodoviária Federal chegou também até o local do acidente onde iniciou o isolamento da área interrompendo o trânsito nos dois sentidos da BR 465 a fim de evitar maiores danos visto que ainda havia óleo no caminhão envolvido no acidente.

Uma equipe do setor de emergências do Instituto Estadual de Ambiente – INEA, também esteve no local constatando a contaminação. Neste local há sistema de drenagem de águas pluviais implantado, margeando a Estrada Rio São Paulo, cujo direcionamento tem como fim uma lagoa desativada de extração mineral.

O óleo derramado caiu nessa drenagem e parte atingiu a lagoa. Equipes da Prefeitura de Seropédica fizeram um dique de contenção (colocaram argila para impedir a expansão da contaminação) na drenagem próxima ao local do acidente e também junto a primeira caixa de passagem.

Esse procedimento ocorreu após a finalização das chamas tanto nos veículos como na drenagem sendo realizado no intervalo de uma a duas horas após o acidente (Essa ação impediu que maiores quantidades de óleo e chorume atingissem a lagoa, uma vez que chovia muito antes e na hora do acidente).

Às 13:19hs a Subsecretária de Ambiente e Agronegócios (SEMAMA) da Prefeitura de Seropédica, Flavia Coutinho Guilherme, entrou em contato telefônico com Sr. Vitor Moraes, representante da empresa Ipeóleo e este encaminhou por e-mail todo o procedimento adotado pela empresa até aquele momento.

Equipe da SEMAMA já se encontrava no local do acidente no momento em que este aconteceu no dia 9 e permaneceu lá até às 21:00hs fiscalizando os serviços de remediação e limpeza do local e retornando nos dias posteriores até a data do dia 14 último, onde às 11:59hs foram finalizados os serviços de lavagem da pista e remediação da lagoa.

No dia do acidente, a empresa responsável pelo início dos serviços de limpeza e remediação chegou ao local aproximadamente às 15:00hs e outro veículo da empresa Ipeóleo que realizou a transferência do combustível do tanque do caminhão avariado para outro caminhão tanque que chegou ao local do acidente aproximadamente às 16:20Hs.

Segundo informações de representantes da empresa, o caminhão acidentado saiu da empresa com 13.000 litros de óleo diesel nos tanques. Nas ações de transferência do óleo para o outro caminhão, foram recuperados 7.500 litros. 5.500 litros sofreram combustão ou se direcionaram para drenagem/solo/lagoa.

A retirada dos veículos do local do acidente ocorreu por volta das 20:00hs e no momento de virar/retirar o caminhão que transportava o chorume, um grande volume que restava no caminhão extravasou. Segundo informações do proprietário da empresa Norte Recicla (Colnorte), Sr.Luis Moraes o caminhão transportava para o CTR-Rio (Aterro Sanitário localizado no município de Seropédica, de propriedade da Ciclus Ambiental do Brasil S.A.) cerca de 15.000 a 17.000 litros de chorume.

Nos dias 10,11 e 14 as ações para limpar o local e retirar todo o solo contaminado e águas oleosas continuaram. A equipe da SEMAMA esteve presente durante todo o processo de remediação e solicitou o apoio da Policia Rodoviária Federal no dia 14/10 para um desvio temporário na BR465, a fim de realizar a limpeza e retirada dos resíduos de óleo. Todas as ações para o atendimento à emergência e início dos trabalhos para a remoção dos contaminantes foram realizados pela empresa Ipeóleo.

A Equipe da SEMAMA que participaram da descontaminação: A Subsecretária de Ambiente, Flavia Coutinho Guilherme, a Guarda Ambiental, Andreia Santiago de Souza, Coordenadora de Adm. Rec. Minerais, Nathalia Eugenio Fernandes,Guarda Ambiental, João Luis de S. Monteiro, Gerente de Adm. Rec. Minerais, Daiana dos Santos Ferreira, Estagiária, Suênia B.L.Suplino de Souza, e a Auxiliar administrativo,  Fabiana dos Santos Batista.

Abaixo, imagem do Programa Google Earth com a identificação do local do acidente e a lagoa que recebeu material contaminante.

Figura 1 – Identificação do local do acidente e a lagoa para onde se direcionou óleo e chorume.

Abaixo, registro fotográfico do local e as ações realizadas pela Secretaria de Meio Ambiente

Combustão ocasionada pelo acidente e combate às chamas na drenagem pelo Corpo de Bombeiros.

Localização da primeira contenção realizada pela Prefeitura de Seropédica

Finalização da retirada de águas oleosas da drenagem e caixas de passagem

Subsecretária de Ambiente Flavia fiscalizando a execução do serviço

Finalização da retirada de águas oleosas da drenagem e caixas de passagem

Contaminação na beira da lagoa

Contenção de contaminantes e remediação na lagoa (mantas absorventes com óleo retirado da lagoa)

 

Lavagem da pista

 

Faça o seu comentário