Visando alcançar as pessoas inseridas no Cadastro Único que têm algum tipo de deficiência, e seguindo o planejamento de ações propostas pelo Prefeito – Professor Lucas – a Prefeitura Municipal de Seropédica, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), pretende criar a Divisão de Atenção à Pessoa com Deficiência (DAPD).
 
A Divisão terá por objetivo coordenar, planejar, executar e fiscalizar questões ligadas ao segmento, além de auxiliar os seropedicenses que têm direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) desde seu requerimento até a concessão.
 
“Seguimos avançando em nosso Plano de Governo respeitando os preceitos da Lei Nº 13.146/2015, que criou o Estatuto da Pessoa com Deficiência. Precisamos investir na inclusão social e esse é um compromisso que assumi com essa parte da população.
 
Vamos investir em políticas públicas que realmente transformem positivamente às vidas dessas pessoas. Seropédica agora é um Município de inclusão”, garante o Prefeito Professor Lucas.
 
Mais do que auxiliar na adesão ao BPC, o DPAD também oferecerá orientação e atendimento social, inclusive auxiliando os usuários do serviço na busca por vagas de trabalho junto às empresas que oferecem postos para este perfil. A Divisão funcionará na sede da SMASDH, localizada à Estrada Rio/São Paulo, nº 20, Bairro Jardim das Acácias (km 40).
 
“Além de um espaço físico para atendermos a demanda espontânea, também faremos um trabalho de busca ativa por meio de visitas domiciliares, telefonemas e envio de cartas às pessoas com deficiência que se enquadrem no perfil do BPC”, explica a vice-prefeita e secretária interina de Assistência Social e Direitos Humanos, Vandrea Furquim.
 
Jocilene Leal Tavares Dantas, coordenadora do DAPD, esclareceu que no núcleo a equipe verificará que outros tipos de atendimento o usuário pode necessitar e o encaminhará aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS’s) e/ou ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) mais próximo de sua residência. “Através desta Divisão iremos criar o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência”, antecipou.
 
Fonte: Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos
Edição: Hudson Glória