A Prefeitura de Seropédica, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, devem inaugurar em breve a Casa de Passagem, que será uma unidade de atendimento à população de rua.

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Neuza Cezário, entende que em decorrência de diversas circunstâncias, existe um aumento na população flutuante do município, dessa forma a administração local amplia a rede sócio-assistencial para esse público.

De acordo com a secretária, o aprofundamento deste fenômeno, ou seja, o crescimento das pessoas que perambulam pelas ruas, sem residência fixa, vem causando grande impacto. “Hoje, infelizmente, temos uma grande quantidade de pessoas que ficam nas ruas e este é um problema muito sério que os poderes constituídos devem enfrentar”, observou Neuza Cezário.

Ela lembra que esta Casa de Passagem deverá funcionar no prédio localizado á Assembléia de Deus, s/nº no Bairro Sá Freire – Seropédica – RJ. “O objetivo é atender o caminhante em estado de vulnerabilidade social e a população de rua da melhor forma possível”, ressaltou.

Tal proposta visa criar um espaço de acolhimento para este público, de forma garantir os direitos fundamentais para as pessoas em situação de fragilidades sociais. Estarão ofertando serviços de orientação e articulação com redes intersetoriais, a fim de ajudá-las, inserido-as em suas famílias de origem. Em muitos casos, a família abandonou estas pessoas pelos mais diversos motivos. “Vamos trabalhar para que possam ser reinseridas no ambiente familiar”, enfatizou o prefeito Martinazzo.

neuza cesario