A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos de Seropédica, seguindo o conceito político-social adotado pela gestão do Prefeito Martinazzo, realiza constantemente eventos e atividades que busquem esclarecer e solucionar questões referentes às desigualdades sociais. Tais iniciativas são em prol de crianças e adolescentes, idosos, pessoas em situação vulnerabilidade social ou mulheres, como aconteceu na última sexta-feira (14), com a realização da 4ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres de Seropédica, evento direcionado a questões sociais que circundam o universo feminino.

O CAIC-Paulo Dacorso Filho, no km 7 da BR-465 (km 47 da antiga Est. Rio-São Paulo), foi o local onde aconteceu o evento, que teve como objetivo principal avançar no que diz respeito a questões sociais referentes às mulheres, consolidando políticas públicas concebidas de forma participativa no que tange à igualdade de gêneros e a consolidação de direitos femininos.

A Conferência teve com tema – Mais direitos: Participação e poder para as mulheres – e foi dividida em quatro eixos. Durante o evento debatemos sobre a contribuição dos Conselhos dos direitos da mulher e dos movimentos feministas para a efetivação da igualdade de direitos; sobre as estruturas institucionais e políticas públicas desenvolvidas em prol da mulher; sobre a concepção de um sistema político com maior participação feminina; e sobre as diretrizes do Sistema Nacional de Políticas para as Mulheres”, declarou Neuza Cezário, secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Seropédica.

Durante a Conferência ocorreu à eleição das Delegadas que representarão Seropédica na 4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres, além de debates e apresentação de propostas para aperfeiçoar o efeito das políticas públicas existentes.

 Ao se pensar em fazer uma gestão de qualidade temos que avaliar também as questões sociais, por isso as atividades realizadas pela Secretaria de Assistência Social são extremamente importantes, pois auxiliam a população em relação a problemas pessoais que consequentemente afligem determinada parcela da sociedade, neste caso, às mulheres. Esses problemas, geralmente complexos, merecem um estudo mais profundo em busca da elaboração de políticas públicas, em âmbito municipal, estadual ou federal, que visem solucionar as desigualdades sociais, seja em qualquer área, nesta situação, especificamente, em relação à desigualdade de gêneros”, declarou o Prefeito Martinazzo

DSC_0062 DSC_0063 DSC_0064 DSC_0065 DSC_0066 DSC_0067 DSC_0068 DSC_0069 DSC_0070 DSC_0071 DSC_0072 DSC_0074 DSC_0076 DSC_0077 DSC_0078 DSC_0080 DSC_0081 DSC_0082