Previstas para começar no próximo dia 2 de fevereiro, as aulas presenciais na UERJ, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, só voltam no dia 15 de fevereiro. A decisão de prorrogar o retorno das atividades presenciais foi anunciada pelo reitor Ricardo Lodi Ribeiro.

Segundo comunicado da Uerj, a medida foi tomada com base em nota técnica da Pró-reitoria de Saúde, que leva em conta o aumento de casos registrados de covid-19 em decorrência da variante ômicron. O reitor acrescentou que a intenção é proteger a comunidade acadêmica, por causa do pico da doença que deve ocorrer na primeira quinzena de fevereiro.

Segundo Ricardo Lodi, o calendário acadêmico aprovado deverá ser desenvolvido de forma remota enquanto perdurar a suspensão das atividades presenciais, com exceção apenas para as disciplinas oferecidas pelas unidades do Centro Biomédico.

A UniRio, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, seguiu na mesma direção e mantém a suspensão das atividades presenciais até o dia 31 de janeiro.

Já a UFF, Universidade Federal Fluminense, com sede em Niterói, na região metropolitana, decidiu que as aulas presenciais só voltam no final de março.

Fonte: O Fluminense