Semana de muito aprendizado no Ctur de Seropédica, “Semana da Agroecologia” (Fotos)

0
179

Com o Tema “Agroecologia e seus Caminhos”, foi realizado entre os dia 3 a 7 de outubro, a Semana de Agroecologia, no Colégio Técnico da Universidade Rural em Seropédica.

Durante a semana ocorrem várias atividades relativas ao tema envolvendo todos os alunos do Ctur. A programação teve como foco o benefício de se consumir alimentos produzidos ecologicamente corretos.

No primeiro dia do evento (3/10) houve palestras com Prof.º Cesar Augusto Da Ros – Vice-reitor da UFRRJ; Prof.º Luiz Carlos Estrella Sarmento – Diretor do CTUR; Prof.º Marden M. R. Marques – Coord. do Curso Técnico em Agroecologia; Prof.ª Sonia Maria de B. Marques – Presidente da Comissão da Semana de Agroecologia, e o Prof.º Ricardo Louro Berbara – Instituto de Agronomia – UFRRJ.

A agroecologia tem como base o estudo dos ecossistemas a fim de imitá-los e desenvolver uma agricultura produtiva e sustentável ao mesmo tempo que envolve aspectos socialmente justos, com o mínimo de interferência de insumos agroquímicos.

Os processos agrícolas convencionais, ao contrário, possuem como características principais a alta mecanização, o intenso uso de insumos químicos para controle de pragas e a monocultura. O problema é que a visão apenas na produção e lucro tem causado efeitos danosos à natureza, tais como degradação dos solos, deterioração dos recursos naturais e redução da biodiversidade natural.

Não se pode desconsiderar que as tecnologias agrícolas são importantes para o aumento da produtividade e a segurança alimentar, no entanto, processos mais sustentáveis e ecológicos podem ser uma alternativa que ao mesmo tempo vise a proteção ambiental e também oferece uma boa produtividade e lucros.

Nos sistemas agroecológicos o objetivo é trabalhar a terra de modo que ela permaneça sempre produtiva e não que seja usada ao máximo até seu esgotamento. Dessa forma, são considerados todos os recursos envolvidos no ciclo da agricultura: plantas, animais, minerais e microrganismos. A integração desses elementos naturais reduz a dependência de insumos externos, o que reduz os custos econômicos dos produtores. A produção sustentável, portanto, traz resultados permanentes, estáveis e a longo prazo.

Abaixo fotos das atividades realizadas durante a Semana de Agroecologia