Entre os principais serviços prestados à população estão verificação do abastecimento e consertos de vazamentos

A Rio+Saneamento, empresa do Grupo Águas do Brasil, completou um mês de operações na Região Metropolitana e do Sul Fluminense, prestando serviços à população de Itaguaí, Seropédica, Paracambi, Piraí, Pinheiral, Rio Claro e Vassouras. Neste período, 691 serviços foram realizados pelas equipes nas ruas dos municípios. Além disso, mais de 5,4 mil atendimentos foram feitos por meio dos canais de relacionamento da concessionária, como telefone, site, aplicativo e lojas da empresa.

Itaguaí, na Região Metropolitana, lidera o número de clientes atendidos, com 1.261 chamados. Em seguida, aparece Pinheiral, no Sul Fluminense, com 676 ordens de serviço. Do total de acionamentos nas sete cidades, 227 foram para verificação do abastecimento, e 171 para conserto de vazamentos em redes e ramais de água.

“Desde que assumimos a operação, além das solicitações e dos trabalhos de manutenção, nossas equipes estão nas ruas para fazer o mapeamento e o diagnóstico de problemas. Nas estações de tratamento de água e de esgoto, técnicos e engenheiros reforçaram o controle de qualidade do abastecimento”, afirma Gustavo Dias, gerente da Região Metropolitana.

Para tornar ainda mais eficaz o trabalho das equipes, os municípios da Região Metropolitana contam com um Centro de Controle Operacional (CCO), que está sendo implantado na base da empresa em Itaguaí. De lá, engenheiros monitoram todo o abastecimento nas três cidades.

“O serviço atendeu às minhas expectativas. Fui muito bem recebida. Cheguei com um problemão para resolver e recebi ajuda. Tive clareza no atendimento, consegui a solução e já vou sair daqui com tudo para poder colocar em dia os meus débitos”, afirma Mara Lúcia dos Santos Rosa, moradora do bairro Engenho, em Itaguaí, que esteve na loja comercial da Rio+Saneamento para fazer a atualização do cadastro junto à concessionária.

Investimentos em obras

Na Região Metropolitana, para melhorar o abastecimento de água, estão previstas intervenções na adutora do Rio da Guarda, em Itaguaí. Em Seropédica, serão realizadas obras de melhoria da unidade de bombeamento do bairro Fazenda Caxias. Em Paracambi, um trecho de dois quilômetros de rede de abastecimento será implantado no bairro Guarajuba.

No Sul Fluminense, a primeira medida será a reativação do reservatório do Morro do Cruzeiro, em Piraí. Em Vassouras, para aumentar o número de moradores com água nas torneiras, serão instalados 530 metros de rede na região do Morro da Vaca. Em Rio Claro, 3,5 mil habitantes da região do Itambé terão melhorias no sistema de abastecimento. E, em Pinheiral, 11 mil moradores serão beneficiados pela reativação do reservatório do Morro do Cruzeiro.

Desde o dia 1° de agosto, a Rio+Saneamento é responsável pelo abastecimento de água, e coleta e tratamento de esgoto de 18 municípios do estado do Rio de Janeiro, incluindo 24 bairros da Zona Oeste carioca. Pelos próximos 35 anos de contrato, serão investidos R$ 4,7 bilhões, com intervenções em toda área de concessão. Está prevista a construção de 12 Estações de Tratamento de Água e 33 Estações de Tratamento de Esgoto, além da implementação de mais de 1.500 km de redes de esgoto no estado.

“Queremos levar água de qualidade com regularidade a toda a população dentro das regiões assistidas. Temos a missão também de expandir a coleta e tratamento de esgoto pelo interior que, atualmente, são praticamente inexistentes nessas cidades”, ressalta o presidente da Rio+Saneamento, Leonardo Righetto.

Municípios atendidos:

Capital: 24 bairros da Zona Oeste

Regional Metropolitana: Rio Claro, Pinheiral, Piraí, Itaguaí, Seropédica, Paracambi e Vassouras

Regional Norte Fluminense: Natividade, São José de Ubá, São Fidélis e Carapebus

Regional Serra Lagos: Carmo, Sumidouro, Macuco, Trajano de Moraes, Bom Jardim e Rio das Ostras

Fonte: Rio+Saneamento