Rio dos Poços continua envenenando o Rio Guandu e a água que é tratada pela Cedae (vídeos)

0
339

Pescadores não estão encontrando uma saída para o problema da poluição que vem acabando com sua fonte de renda que é o pescado do Rio Guandu. 

Está sendo criminoso a inercia do Governo do Estado em resolver está situação, que está acabando com a vida marinha e dos animais que vivem no Pantanal Iguaçuano. Empresas continuam jogando seu esgoto industrial no Rio dos Poços, Ipiranga e Queimados.

A população do Rio de Janeiro e municípios da Baixada onde recebem a água da Cedae poderão passar por nova crise de abastecimento no verão, se alguma coisa com urgência não for feita. Nesta semana o Coordenador Logístico do Pantanal Iguaçuano, Edson Monteiro, fez uma nova filmagem da situação do Rio dos Poços que precisa urgentemente de dragagem, que está tomado por garrafas Pet, e todo tipo de lixo que é despejado nos afluentes do Rio Guandu.   

O Rio dos Poços, que deságua nas lagoas do Guandu, camadas de espuma revelam que resíduos do polo industrial de Queimados seguem sendo lançados nos cursos d’água. O assoreamento no rio é tanto que um trecho virou uma ilha artificial de garrafas PET cobertas por vegetação.

O principal problema na dragarem do Rio dos Poços que o Governo tem de resolver é que vai levantar muita lama poluindo e contaminando ainda mais o Rio Guandu, prejudicando o tratamento da água pela Cedae. A crise é muito grave, e nada está sendo feito, é preciso que o Governo do Estado tome uma atitude seria, obrigando os municípios e as empresas a tratarem seu esgoto.  

É muito estranho que órgãos de fiscalização ambiental ainda não tomaram uma atitude mais contundente de fiscalização, deixando que empresas jogue seus dejetos químicos no rio Guandu sem ter tratamento. 

No vídeo abaixo mostramos a situação real do Rio dos Poços, onde está tomada de lixo, mato, e gigogas.