Profissionais de Seropédica, Mangaratiba e Itaguaí recebem prêmio Heróis da Enfermagem

0
59

 

Desta vez foi a enfermagem da Costa Verde fluminense que brilhou ao receber do Prêmio Honra ao Mérito aos Heróis da Enfermagem – Há vida por trás da máscara.

Foi nesta terça-feira (17/05), no Teatro Municipal de Itaguaí, a solenidade de entrega aos homenageados pelo Coren-RJ. A presidente Lilian Behring, ao lado dos diretores Cristiane Bernardo (coordenadora do prêmio), Leilton Coelho e os conselheiros Hellen Senna (coordenadora da subseção de Campo Grande e promotora de atividades do Coren-RJ na Costa Verde Zona Oeste carioca) e Gilberto Mesquita, fizeram as entregas.

A mesa solene foi composta pelo secretário de Saúde de Itaguaí, Carlos Zoia; pela subsecretária de Saúde, Enfª Vanessa Stefany, pelo diretor do Hospital Municipal São Francisco Xavier, pela presidente do Coren-RJ, Lilian Behring e pela conselheira Hellen Senna.

Entre os premiados, profissionais representantes da atenção básica, nível hospitalar, UPAS, Centro de referência de Covid e assistência privada.

Entre os premiados, profissionais representantes da atenção básica, nível hospitalar, UPAS, Centro de referência de Covid e assistência privada. Por Itaguaí  foram premiados os enfermeiros do Hospital Municipal São FranciscoXavier, do Centro de Tratamento ao Covid-19, Atenção Básica de Itaguaí, UPA e Cemeru. Já por Seropédica através da UPA 24 horas, Maternidade e Hospital de Campanha, assim como Mangaratiba através do Hospital Municipal Victor de Souza Breves.
 

Tudo com direito à emocionante apresentação da Banda Municipal de Itaguaí.

O intuito do prêmio é enaltecer a enfermagem que salvou e permanece salvando vidas não só na pandemia, mas até hoje, imunizando a população.
 
A Coordenadora da Subseção de Campo Grande, que abrange também Santa Cruz e Itaguaí, Hellen Senna, que além de tudo é servidora municipal da cidade, relatou a importância do prêmio e da atuação desses heróis.
 
 “Eu acredito que esses eventos são uma pequena forma de trazer a reflexão da Enfermagem e o quanto precisamos nos unificar para nos reconhecermos como um único corpo. Além disso, trazer à sociedade, outras categorias, amigos e familiares, o debate do quanto o nosso trabalho é o pilar da saúde desse país e o quanto somos essenciais no atendimento à população. 
 
Fiquei extremamente emocionada com o evento de Itaguai, em especial. Foi aqui que estabeleci vínculo, fiz amizades, cresci profissionalmente,l e atuei em conjunto nas diversas lutas…ver meu amigos sendo reconhecidos, me representa!! Contribuir na efetivação desse projeto, foi um orgulho inenarrável, diz Hellen.
 
Fonte: Coren