Operação vai durar três semanas e vai reunir bancos e instituições financeiras, concessionárias de serviços públicos e empresas de telefonia e telecomunicações

O Procon Estadual abre, nesta segunda-feira, 18, uma ação para negociação de débitos com bancos, concessionárias de serviços e empresas de telefonia. Através da autarquia, os inadimplentes poderão conseguir descontos especiais no valor total das dívidas. No último evento de 2022, clientes chegaram a ter perdão de 99% do valor. A distribuição de senhas ocorre da 10h às 14h, na sede da autarquia, no Centro do Rio.

Além disso, com a negociação, os nomes dos inadimplentes terão os nomes excluídos dos serviços de proteção ao crédito já no pagamento da primeira parcela do acordo. Com o nome limpo, o consumidor pode voltar ao mercado de consumo. “Este serviço é essencial para que o consumidor recupere seu fôlego e consiga reorganizar suas contas e, consequentemente, a própria vida.

 
As pessoas recuperam autoestima, tiram das costas um peso com a solução de problemas que acreditavam não ter solução”, avalia o presidente do Procon-RJ e secretário de Desenvolvimento Econômico, Cássio Coelho.
 
Segundo ele, esta vai ser a maior ação de renegociação de dívidas já realizada pela autarquia. “O Procon vem realizando essas ações nos últimos anos ajudando milhares de consumidores e fornecedores a chegarem a um acordo favorável, em especial para os consumidores, que são os mais vulneráveis”, ressalta Coelho.
 
Dados oficiais apontam que de 2020 até este ano, foram cerca de 18 mil consumidores atendidos em 15 ações com bancos, empresas de telefonia e concessionárias de serviços públicos. A ação de negociação de débitos está programada para acontecer em três semanas, na sede do órgão, no Centro do Rio. A primeira semana será dedicada aos endividados com bancos e instituições financeiras. Na segunda, os clientes de concessionárias de serviços e, na última, empresas de telefonia e telecomunicações.
 
Confira as empresa confirmadas e o cronograma oficial

1ª semana (de 18 a 22/07) – Instituições Financeiras
Bancos já confirmados: Bradesco, Santander, Itaú, Caixa, Banco do Brasil e BMG.

2ª semana (de 25 a 29/07) – Concessionárias de Serviços Públicos
Empresas já confirmadas: Naturgy, Light, Cedae, Zona Oeste, Enel, Grupo Águas do Brasil (Juturnaíba e Niterói), Águas do Rio e Iguá.

3ª Semana ( de 01 a 05/08) – Empresas de telecomunicações (telefonia, TV a cabo, Internet)
Empresas já confirmadas: Oi, Claro, Tim e Vivo.

Vantagens

Para que possam participar da ação, as empresas registram em documento as vantagens que serão oferecidas aos consumidores e se comprometem a fechar acordos mais vantajosos do que as propostas de negociação feitas por agências ou escritórios de cobrança.

Veja algumas das vantagens já registradas pelas empresas:

• Banco do Brasil – fará propostas para todos os casos de inadimplência

• CEF – fará propostas somente para as dívidas com atrasos superiores a 60 dias e atenderá PJ e PF, incluindo-se casos de financiamentos imobiliários

• Banco Itaú – fará propostas somente para as dívidas com atrasos superiores a 90 dias e atenderá a todos os produtos, exceto: financiamentos de veículos, imobiliários e consórcios.

• Enel – atenderá somente os casos de dívidas com atrasos superiores a 90 dias, as propostas poderão ser sem entrada e em até 24 parcelas para consumidores residenciais e rurais. Exceção da Enel: consumidores que tiverem parcelamento vigente celebrado nos últimos 90 dias não poderão renegociar neste mutirão.

• Águas do Rio – atenderá esclarecendo dúvidas sobre forma de pagamento, vistorias, procedimentos comerciais e fará negociação de débitos.

• Cedae – atenderá esclarecendo dúvidas sobre cobranças e procedimentos comerciais, solicitação de vistorias, fará negociações de dívidas.

• Zona Oeste– fará propostas com descontos de até 30% para parcelamentos em 6x, descontos de até 15% para parcelamentos em 10x, descontos de até 10% para parcelamentos entre 16 e 34 x e descontos de até 5% para parcelamentos entre 34 e 48 X.

• Oi – atenderá casos de telefonia fixa, banda larga e TV

• Claro – fará propostas somente para os casos de dívidas com atrasos superiores a 49 dias ( TV, Internet, Net, Net fone, telefonia móvel, Embratel e Nextel).

• Tim – fará proposta de negociação de qualquer débito.

• Iguá:

Para dívidas com atraso de até 60 dias: isenção de 100% de juros e multa por atraso, entrada de 30% e parcelamento máximo em até 12 vezes (o valor mínimo da parcela não poderá ser inferior a R$20,00)

Para dívidas com atraso entre 61 e 120 dias: isenção de 100% de juros e multa por atraso, entrada de 30% e parcelamento máximo em até 15 vezes (o valor mínimo da parcela não poderá ser inferior a R$20,00)

Para dívidas com atraso superior a 120 dias: isenção de 100% de juros e multa por atraso, entrada de 30% e parcelamento máximo em até 20 vezes (o valor mínimo da parcela não poderá ser inferior a R$20,00)

 
 
Fonte: O DIA