Prefeito de Seropédica participa da inauguração na Nuclep da nova linha de produção de Torres de Energia

0
279

Professor Lucas afirma que inauguração ampliará oferta de empregos na região

Buscando acompanhar o desenvolvimento de nossa região, o Prefeito de Seropédica – Professor Lucas, acompanhado do Secretário Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Alex Villela e do Subsecretário de Habitação e Regularização Fundiária, Altemio Batista, participou no último fim de semana da inauguração da nova linha de produção de torres de transmissão de energia da Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A. (NUCLEP), instituição fundada em 16 de dezembro de 1975 através do Decreto N° 76.805, localizada em Itaguaí.
 
“Estou focado em desenvolver nosso Município, e para isso, tenho que estar atento e participativo no desenvolvimento de toda a região. A nova linha de produção da NUCLEP irá gerar empregos e renda a nível regional, afetando diretamente às cidadãs e cidadãos de Seropédica. Faremos o possível para capacitarmos nossos Munícipes, e garantirmos que parte das vagas de empregos geradas sejam ocupadas por seropedicenses”, afirmou o Prefeito Professor Lucas.
 
Vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a NUCLEP trabalha na projeção,
desenvolvimento, fabricação e comercialização de equipamentos pesados para os seguintes setores: Nuclear; Defesa; Óleo e Gás; Energia e outros. A empresa é estratégica para o desenvolvimento do País e do Estado do Rio de Janeiro, sendo responsável pela produção dos equipamentos de reposição das usinas nucleoelétricas ANGRA 1 e 2, tendo construído o primeiro grande equipamento nuclear – um Condensador – para a usina ANGRA 3 e, já tendo produzido cascos para 4 submarinos, colocando o Brasil em um seleto grupo de construtores de submarinos composto por China, Estados Unidos, Rússia, Grã-Bretanha, Alemanha e França.
 
A NUCLEP, em parceria com a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (AMAZUL), também está produzindo parte do protótipo do reator nuclear que está sendo desenvolvido pela Marinha do Brasil , que é um modelo do reator que vai equipar o futuro submarino com propulsão nuclear denominado SN-BR.