Na quinta-feira (8) o SOS Estradas previu que 150 pessoas morreriam nas rodovias brasileiras durante o feriado da Padroeira. Estimou que dessas mortes, metade delas, portanto, 75 mortes ocorreriam nas rodovias federais.

Pois a Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o balanço do período. Foram 973 acidentes com 75 mortos e 1.165 pessoas feridos entre 0h de sexta-feira (9) e 24 h de segunda-feira (12), de acordo com o balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde desta terça-feira (13).

Demais estados confirmam previsão do SOS Estradas

Além de prever as 75 mortes em rodovias federais, o SOS Estradas estimou que deveriam ser registrados em torno de 1.600 acidentes e teríamos 1.600 feridos no somatório de rodovias federais e estaduais.

Nas rodovias federais foram 973 acidentes que somados aos registrados nas rodovias paulistas já atingem a impressionante marca de 1.706 acidentes. Sem contar os demais estados.

Nas rodovias estaduais do Paraná foram 8 mortos e 72 feridos, de um total de 62 acidentes com vítimas. Nas rodovias paulistas foram registrados 733 acidentes com total de 22 mortos e 470 feridos. Já a polícia rodoviária estadual de Minas Gerais informou o balanço final nesta quarta-feira (14), que registrou 171 acidentes com 122 feridos e 16 mortes.

Na Bahia, foram 11 acidentes graves com 4 mortos e 8 feridos pelos dados disponibilizados até o momento. Em Santa Catarina, foram 73 acidentes com 1 morte no local e 53 feridos. Já no Mato Grosso do Sul, o balanço inicial indicou 8 acidentes graves com duas mortes mas sem menção aos eventuais feridos.

Os estados de Goiás e do Ceará também divulgaram seus balanços. Nas rodovias estaduais goianas, foram 33 acidentes, sendo 26 com feridos e sete com vítimas fatais, totalizando oito mortes; já nas estradas do Ceará, foram 26 acidentes com quatro mortes.

As mortes somadas de São Paulo (22), Paraná (8), Bahia (4), Mato Grosso do Sul (2) e Santa Catarina (1), somadas com os dados das federais já alcança 112 e ainda faltam os dados de 21 estados, além do Distrito Federal.

Quanto aos feridos, apenas a soma dos 1.165 feridos em rodovias federais e os 470 feridos nas rodovias estaduais de São Paulo, contabiliza 1.635 feridos. Portanto, os números previstos pelo SOS Estradas de acidentes, mortos e feridos, não só foram confirmados como serão ainda maiores que o previsto.

 

Fonte: Estradas