Nas ruas se viam famílias com suas crianças, idosos, cadeirantes, com as bandeiras do Brasil com o nome do Presidente Bolsonaro.

Nunca se viu nesse país, segundo muitos historiadores, uma demonstração de civismo,  democracia e amor à Pátria. Não se via brigas, empurra, empurra, roubos de carteiras ou algo parecido, ali estava a família brasileira na comemoração do Bicentenário da Independência e em apoio ao seu presidente e contra o comunismo no Brasil.

Um mar de pessoas, onde só se via alegria, onde gritavam; Bolsonaro cadê você, eu vim aqui para te ver!

Tinha Trio Elétrico onde as pessoas Rezavam o Terço, pedindo a Deus que não permitisse que o Comunismo tome conta de nosso país.

Em suas palavras Bolsonaro declarou que vai fazer voltar que as pessoas tenham mais amor a nossa Bandeira, o desejo de todos serem patriotas.

Ao som de salvas de tiros de Canhão, Paraquedistas, Aviões da Esquadrilha da Fumaça fazendo Acrobacias o Presidente Bolsonaro falava para todos em união, amor ao próximo e a soberania nacional. 

“Hoje, mais do que nunca, pudemos assistir e sentir o despertar do patriotismo e do profundo amor pelo Brasil. As ruas foram tomadas pelas cores de nossa linda Bandeira e nosso glorioso Hino Nacional foi cantado por milhões de homens e mulheres, de todas idades, classes e cores.

É difícil imaginar o que se passou pela cabeça de Dom Pedro I ao proclamar a Independência do Brasil, mas não tenho dúvida de que, em seu coração, queimava a mesma chama de amor e orgulho que hoje preencheu o peito de cada brasileiro em cada lugar do nosso imenso país.

Mais uma vez o nosso povo mostrou a todos aqueles que duvidam de sua capacidade e integridade não apenas a força que possui, mas também o espírito pacífico e ordeiro que carrega em seu coração. O mundo pôde assistir novamente a uma celebração de união, esperança e liberdade.

Há muito não se via tantas pessoas emocionadas, festejando com alegria a nossa Independência. Essa emoção contagiou a todos nós. Impossível conter as lágrimas e não pensar no quanto o nosso país é maravilhoso, mesmo com todas as dificuldades que enfrentamos no dia a dia.

Se antes falavam que éramos uma nação adormecida, hoje posso dizer que o Brasil acordou e está cada vez mais consciente do potencial que possui. Ninguém no mundo tem o que nós temos: nossos recursos, nossas riquezas, nossas florestas e nosso povo trabalhador e miscigenado.

Nossa Pátria é gigante e abençoada. Na prática, somos vários brasis dentro de um só. E, apesar dos altos e baixos da história, seguimos unidos na preservação de nossa soberania e liberdade. O Brasil era impossível, mas se tornou real: somos um milagre em forma de nação.

Repito: numa única família brasileira há mais diversidade do que em muitas nações. Está em nosso DNA lidar com as diferenças e contradições, porque somos frutos delas. Não é uma raça, sexo ou classe que nos une como povo, são os valores que carregamos dentro de cada um de nós.

Por isso, atacar nossos valores é uma das formas mais covardes de promover a desunião. Por isso, lutarei até o fim da minha vida para proteger os valores e as tradições do nosso povo, para que sejamos uma nação cada vez mais unida, de modo que ninguém seja capaz de dividi-la.

Parabéns a todos por promoverem neste 7 de setembro de 2022 uma das maiores e mais lindas festas já vistas nos últimos 200 anos e em todo o planeta! Vocês mostraram ao mundo a beleza e grandeza do nosso país”. Destaca o Presidente, Jair Messias Bolsonaro.

INDEPENDÊNCIA OU MORTE! ONTEM, HOJE E POR TODA ETERNIDADE!