Criminoso estava em uma lanchonete quando foi preso, na tarde de sábado

Um homem que seria o líder de uma quadrilha de assaltos a ônibus foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio da Polícia Militar, em uma lanchonete de Copacabana, na Zona Sul do Rio, no final da tarde deste sábado.

As vítimas eram roubadas em coletivos que passavam pela Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na Baixada Fluminense. 

Um policial rodoviário federal à paisana reconheceu Diogo dos Santos Moraes, o Gordo, quando ele saía da praia. O homem estava comendo em uma lanchonete na Praça do Lido. Equipes do Grupo Tático da 1ª DP (Duque de Caxias) da PRF e policiais militares do 19º BPM (Copacabana) foram acionados para realizar a abordagem. 

O homem possuía um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal de Nova Iguaçu. Após investigações da Polícia Civil e trocas de informações com a inteligência da PRF, o suspeito foi identificado como autor de dezenas de roubos em ônibus e vans. Ele seria um dos maiores assaltantes da Baixada Fluminense e praticava roubos há pelo menos dois anos.

A mulher do homem, que o acompanhava quando ele foi preso, é suspeita de vender os produtos roubados nas redes sociais. O assaltante, morador de Nova Iguaçu, costumava se esconder na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio. Ele praticava roubos na companhia de duas mulheres, que também fariam parte da quadrilha.

A ocorrência foi encaminhada para a 52ª DP (Nova Iguaçu).  

Fontes: Variadas