Tribunal Regional do Trabalho pediu para que os trabalhores aguardem até o dia 19 para um posição final

 
“A partir de hoje a categoria está em permanente estado de estado de greve. Os trabalhadores têm direito ao reajuste, e caso não seja concedido pelas empresas, acreditamos que a Justiça o fará.
 
Sabemos da insatisfação de todos, mas não podemos contribuir para que a população pague por uma conta que não é dela e nem nossa”.
 
Por fim, o presidente do sindicato disse que os rodoviários estão há três anos sem reajuste de salários, cesta básica e demais benefícios.
 
Fonte: O DIA