Três pessoas morreram em uma confusão em um baile funk em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, na madrugada de domingo (8). A informação é da prefeitura da cidade.

De acordo com a prefeitura de São João de Meriti, município vizinho para onde as vítimas foram levadas, os três morreram na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jardim Íris. Um dos mortos foi identificado como Eduardo Rodrigues Ribeiro Octavio.

Três pessoas que ficaram feridas também foram hospitalizadas. Uma delas recebeu os primeiros atendimentos, mas fugiu da UPA.

A briga começou dentro do Baile Funk quando a música ainda tocava. Era o chamado “Baile de Corredor ” — quando grupos rivais se dividem entre lado A e lado B.

“Acabou o baile, o lado B dominou. Deu ruim, deu ruim, deu ruim”, disse um frequentador.

A quadra estava lotada e alguém no microfone pedia para parar a confusão. Mas a situação foi ficando cada vez pior, com garrafas, paus e cadeiras sendo arremessados.

A confusão que começou dentro do baile tomou as ruas do Vale Jardim Redentor. Houve tiroteio e três pessoas foram baleadas — uma delas não resistiu.

Um vídeo mostra o momento dos disparos — foram mais de dez tiros.

Em seguida, as pessoas correm. É possível ver algumas pessoas feridas, uma delas caída no chão.

Uma testemunha contou o que aconteceu:

“O baile tava muito cheio. (…) Tijolo, pedra, pau. Apagaram a luz ,quebraram o baile todinho. Aí, nisso, desceram o tiro lá do morro, fuzil, pistola, para acabar a briga. Aí, o maluco foi querer tirar onda com a cara dele com o de pistola, o maluco aplicou na cara dele”.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense instaurou inquérito para investigar o caso.

Vídeos mostram pancadaria em ‘baile de corredor’ em Belford Roxo, no RJ

Briga em baile funk em Belford Roxo — Foto: Reprodução/TV Globo