Seropédica será palco de atrações esportivas nesse final de semana (08 e 09) com a XVI edição dos Jogos da Baixada.

O palco será o Ginásio de Esportes da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), onde atletas da categoria sub 17 irão disputar a final de futebol de campo e handebol feminino e masculino.

O prefeito, Alcir Fernando Martinazzo, disse que eventos esportivos como esses são muito importante para o desenvolvimento da juventude de Seropédica. “Sediamos dois esportes da XIII Olimpíada da Baixada. Nosso governo também tem prioridade de enfatizar o esporte no calendário geral do município. Com isso estamo
s melhorando a qualidade de vida aqui”, ressaltou Martinazzo.

Para Lucia Martinazzo, secretária de Educação, Cultura e Esporte a parceria da Prefeitura com a UFRRJ é fundamental para a participação de Seropédica nos Jogos da Baixada no handebol e futebol de campo. “Tanto o Prefeito Martinazzo, como a Reitora da UFRRJ, Ana Dantas, estão dando total apoio para que essa etapa seja realizada da melhor maneira possível. A quadra está impecável, e os campos estão bem cuidados”, confirmou empolgada a secretária.

Ao longo de 16 anos as Olimpíadas da Baixada, atualmente intitulada de Jogos da Baixada, promovem a prática esportiva ligando a escola ao esporte, através de critérios que exigem a matrícula escolar para o ingresso do atleta na competição. O evento conta com a presença de 13 municípios da Baixada Fluminense: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São João de Meriti e Seropédica. A iniciativa beneficia cerca de 3.500 jovens residentes dessa região com idades entre 14 e 17 anos.

O objetivo central do projeto é fomentar o esporte como um importante instrumento de inclusão social, aprimorar o relacionamento com as escolas, incentivando a retenção e o regresso escolar, reforçar os laço familiares (a partir em que as famílias se interessam em prestigiar os atletas nos jogos), promover a revelação de novos talentos para o esporte brasileiro e estabelecer relacionamentos interpessoais através do esporte.

 

1
Quadra Poliesportiva no Ginásio Esportes da UFRRJ

 


 

Faça o seu comentário