Na manhã desta segunda-feira (09) o Prefeito Martinazzo recebeu em seu gabinete o Secretário de Saúde e Defesa Civil, Marcus Baroni, ambos estiveram reunidos para tratarem de assuntos referentes à melhoria da saúde pública municipal.

Após deixarem a Prefeitura eles seguiram para a Unidade Pré-Hospitalar José Bueno Lopes, que funciona 24 horas e destaca-se como a principal unidade de saúde municipal da cidade, localizando-se no centro do município.

Dentro da unidade de saúde uma comitiva da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil acompanhou o Prefeito que visitou uma nova sala que será inaugurada em breve, trata-se do Laboratório Central de Dengue, um ambiente específico criado para diagnosticar enfermidades relativas a doença.

Todos os equipamentos e materiais necessários à criação do ambiente foram adquiridos em parceria com Governo do Estado, tendo o município a contrapartida de realizar a manutenção dos instrumentos. A cidade terá ainda mais dois laboratórios, um para diagnósticos imunológicos e outro para análises hormonais.

O Laboratório de Dengue conta uma lavadora de microplacas (Elisa), uma leitora de microplacas (Elisa), um freezer (- 70g) e um aparelho Brio, utilizado para exames imunológicos e hormonais. Segundo o Secretário Marcus Baroni, 90% dos exames laboratoriais podem ser realizados no próprio município, possibilitando maior conforto ao paciente e evitando gastos com locomoção.

Juntamente ao laboratório a sala também abrigará um Pólo Estadual de Dengue, a cidade de Seropédica foi uma das escolhidas pelo Governo do Estado para se tornar um dos pólos da doença, devido a esse fato os investimentos em aparelhagem serão ampliados no município proporcionando mais agilidade e qualidade no se que se refere a diagnósticos. O pólo de Seropédica atenderá os municípios de Queimados, Japeri e Itaguaí.

A descentralização do tratamento de dengue trará, por exemplo, agilidade aos processos de análise sanguínea, antes concentrados em unidades estaduais, proporcionando ao Estado um desafogo em relação a questão, exames que antes demoravam em média 30 dias para ficarem prontos terão suas conclusões em até 48 horas.

“A cidade está em amplo crescimento econômico e isso influencia o aumento do fluxo de pessoas, por isso estamos construindo novas unidades e ampliando outras unidade de saúde, como nesse caso, a partir de agora seremos referência no que se refere a Dengue em nível estadual, dessa forma poderemos controlar o surgimento de epidemias da doença e estar sempre à frente no que diz respeito aos tratamentos”, assegurou Martinazzo.

23