O programa Troca de Ideias da Rádio Onda FM teve como convidada a Secretária de Educação, Cultura e Esportes de Seropédica, Lúcia Baroni Martinazzo.

Na ocasião, o radialista Jota Neto abordou assuntos como a Festa da Amora e o desenvolvimento da área educativa no município entre outros.

Lúcia Martinazzo abriu a entrevista falando sobre a ideia de modificar o título da comemoração de aniversário da cidade, anteriormente intitulada Expo de Seropédica. O nome Festa da Amora partiu da iniciativa da primeira-dama em comum acordo com representantes da UFFRJ, Maria Antônia Jacinto Barbosa e Nádia Alvarez, Sub Secretária de Cultura, a fim de resgatar as memórias da cidade que abrigou a primeira fábrica de seda do Brasil, o que gerou o nome Seropédica e advém de um neologismo formado por duas palavras: sericeo ou serico, de origem latina, que significa seda, e pais ou paidós, de origem grega, que significa tratar ou consertar. Os mascotes da Secretaria de Educação, Bombix e Pupa representam os bichos da seda e alegram as crianças.

Aproveitando o assunto, a secretária presenteou todos os presentes com frascos de geleia de amora.

Sobre o destaque que a educação de Seropédica tem tido em todo o Rio de Janeiro, a professora fala, emocionadamente, que educação é um conjunto de ensino, cultura e esporte. Esta tríade é fundamental para o desenvolvimento integral de todo cidadão.

Ela destaca que o município está entre um dos 10 a fazer parte do CONAE (Conferência Nacional de Educação). Outro item a ser destacado são os uniformes da rede municipal, que foram escolhidos de acordo com o que os alunos sugeriram em visitas da secretária em todas as escolas para ouvir pessoalmente a opinião de cada um, que optaram por modelo diferenciado, o que facilita a identificação dos 18.036 alunos. “Pra mim, o mais importante é o cuidado com a criança. Preparamos os 1.340 professores para que saibam lidar com as diversas situações e os vínculos afetivos que são criados. Nossa cidade oferece salários acima do piso, valorizamos o profissional de educação. Seropédica saiu do anonimato e hoje é uma referência em educação no Estado” Comenta empolgadamente.

Entre os projetos futuros, estão inclusos o jovem aprendiz vinculado ao abrigo municipal. Funciona da seguinte forma: ao completar 15 anos, inclui-se o menor no programa Jovem Aprendiz e abre-se uma conta, que ele terá acesso ao completar maioridade já antecipando uma solução para os abrigados, que ao fazerem 18 anos são desmembrados do local. Um Regime Pedagógico Oficial Modular para dependentes químicos também é uma das novidades. O BEJA (Brinquedoteca do EJA) que funcionará no horário da noite para mães estudantes. O Programa de Saúde Escolar, que abrange profissionais como odontólogos, médicos para saúde preventiva, psicólogos e um grupo de psicopedagogos, já é uma realidade, funciona na entrada da Ecologia e atende 314 alunos mensalmente.

Segundo a secretária, o objetivo é que todas as escolas do município tenham o mesmo nível educacional, com padrão de qualidade em cada unidade .

Lúcia finaliza a entrevista convidando todos a participarem da ópera popular, que acontecerá no dia 5 de dezembro e contará a história da cidade, comemorando o lançamento do livro que contém o mesmo tema, escrito por historiadores da Rural.

Em momento emocionado, a secretária encerra agradecendo a cada integrante de sua equipe, que acompanha e realiza os trabalhos de sua Secretaria, citando os nomes de cada um de olhos fechados, sensibilizando tanto os presentes quanto os ouvintes do programa.

 

Faça o seu comentário