A Sala do Empreendedor de Seropédica atende pequenos, médios e grandes empreendedores interessados em instalar suas atividades na cidade. O objetivo é trazer mais agilidade e desburocratizar o processo de implantação de empresas. Para isso oferece acesso aos serviços para abertura e regularização de empreendimentos em um só local, como por exemplo: Inscrição municipal Alvará de funcionamento Verificação de processos administrativos Integração com órgãos estaduais e federais envolvidos nos processos de registro e assessoria contábil e ainda a Sala conta com a consultoria do Sebrae.

Francisco Carlos Borges dos Reis morador do Bairro Boa Fé foi o quarto comerciante a ser beneficiado com este projeto, ele disse que possui uma mercearia que vende gêneros de primeira necessidade, e que precisava ampliar seu negócio, e não tinha recursos para isso. “Eu vi uma propaganda na mídia, que Seropédica tinha aberto uma Sala do empreendedor, para auxiliar os pequenos e médios empresários. Antes de vir aqui, estive em alguns Bancos solicitando o empréstimo mas esbarrei na burocracia como também nos juros muito alto. Hoje estou feliz consegui o empréstimo de cinco mil reais onde estarei reformando e ampliando meu negócio. Depois que foi asfaltado minha rua, eu tive aumento de clientes, antes não queriam vir aqui porque era lama pura. O Prefeito Martinazzo, e o Ex-secretário de Planejamento Wilson Beserra trouxeram o Governador Pezão (na época Vice) e falaram que o Bairro seria todo asfaltado, eu não acreditei, porque escutava esta história a vinte anos, mas estes homens são de palavra, e todos aqui no Bairro Boa Fé agradecem” comemora.

O Subsecretário de indústria e Comercio Fabio Cavalcante disse: “Aqui na Sala do Empreendedor realizamos todos os trâmites de regularização necessários, fazemos com que o empreendedor tenha o mínimo trabalho possível e sanamos todo tipo de dúvidas que o mesmo possa ter. Nossa parceria com o SEBRAE ainda possibilita encaminhar os empreendedores e nossos funcionários a cursos ministrados pela instituição. Ainda entrará em vigor brevemente a web aula, onde o “aluno empreendedor” receberá um cartão contendo uma senha, para que possa acessar o site e realizar cursos online, e ao final imprimir seu certificado de conclusão, vale lembrar que os cursos poderão ser realizados na própria Sala do Empreendedor, ao todo disponibilizaremos 20 computadores, possibilitando a presença de 20 alunos por dia”, declarou.

Segundo o Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Manoel Bulhosa, para regularizar seu estabelecimento o empreendedor deve comparecer à Sala do Empreendedor (Av. Ministro Fernando Costa, nº 1000 – em cima da agência da Caixa Econômica Federal) munido de identidade e CPF, além de um comprovante de residência.

23

 

 

Faça o seu comentário