CONCIS REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO APÓS POSSE DE NOVA DIRETORIA

Reuniões do Conselho de Cidade de Seropédica são abertas a população

 O Conselho da Cidade de Seropédica (ConciS) realizou sua reunião ordinária nesta terça-feira (29) na Câmara Municipal de Seropédica. Como sempre, questões de importância para o município e temas relevantes levantados pela população foram debatidos durante o encontro. Na última reunião, realizada no mês de outubro, uma nova diretoria foi empossada para manter os trabalhos do Conselho.

O ConciS agora conta com 16 Conselheiros representantes de diferentes instituições, como a Prefeitura de Seropédica; a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRuralRJ); a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) – tendo também uma representante da Associação dos Empregados da Embrapa; a Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Seropédica (Aciaps); o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe); a Ordem dos Advogados do Brasil; a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Seropédica Ltda (Cotraser); o Instituto de Cultura e Religião Afro-brasileira do Município de Seropédica (Icrab); os Agentes de Pastoral Negros; as Associações de Moradores dos bairros Boa Esperança e Jardim Maracanã; a Câmara de Dirigentes Lojistas de Seropédica (Cdl/Seropédica); a Associação dos Agricultores Orgânicos de Seropédica (SerOrgânico) e o Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf).

O ConciS é atualmente presidido por Damaris Alencar, representante do Sinpaf.

A administração pública municipal vem colaborando, sempre que necessário, com as atividades do ConciS, além de termos representantes da Prefeitura que sempre participam da reunião, esta é uma forma de demonstrarmos transparência e, de pautarmos nossas ações nas necessidades reais da população”, lembrou o prefeito de Seropédica, Alcir Martinazzo.

Na reunião desta terça (29) os principais temas abordados foram: o transporte público municipal – os conselheiros, junto à população, chegaram a um denominador comum de que é necessária a realização de uma audiência pública para saber as reais necessidades da população, em diferentes localidades, no que se refere ao transporte e, também, cobrar das autoridades a construção de um terminal rodoviário adequado em Seropédica; outro tema relevante foi: a constante falta de energia elétrica – acordou-se a realização de uma audiência pública com as presenças de representantes da empresa Light, do Procon, entre outras instituições, para indagar quais os motivos da constante falta de energia e o prazo para a normalização do serviço.

A população também colocou em pauta a questão referente às Adutoras da CEDAE, que têm se rompido com constância colocando moradores em risco. Para encerrar, o último assunto tratado fez jus à divisa entre os municípios de Seropédica e Itaguaí, motivo de desavença judicial entre as cidades. O debate se concentrou em buscar junto à administração pública municipal maiores informações sobre essa questão, visto que esta influencia diretamente o orçamento municipal.

dsc_0001 dsc_0002 dsc_0003 dsc_0004 dsc_0006 dsc_0007 dsc_0010 dsc_0011 dsc_0012

 

Faça o seu comentário