A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem um novo superintendente no Rio de Janeiro. A assinatura do termo de posse aconteceu na sede da instituição, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Vigário Geral, na Zona Norte do Rio. O evento ocorreu na manhã de quarta-feira (3).

O diretor-geral da PRF, Adriano Marcos Furtado, presidiu a solenidade de posse de Silvinei Vasques na função de superintendente. Natural de Santa Catarina, Silvinei ingressou na Polícia Rodoviária Federal em 1995. No discurso de posse, ressaltou a importância do trabalho em equipe e da prestação de um serviço público de qualidade.

“Estarei sempre ao lado de cada um, valorizando o servidor. Farei o melhor pela PRF e pela sociedade fluminense. Vamos investir ainda mais em inteligência e tecnologias, para aumentar a segurança nas rodovias federais. Além de aquisições de equipamentos e acessórios para os policiais adequados à realidade do Rio de Janeiro”, afirmou Vasques.

João Francisco de Oliveira, diretor de operações (DIROP) da PRF, destacou a crescente integração da instituição com outros órgãos no estado. “A cultura de integração, decorrente dos grandes eventos, proporciona otimizar o trabalho dos nossos policiais, possibilitando excelentes resultados”, disse João Francisco.

Para o diretor-executivo (DIREX) do órgão, José Lopes Hott Junior, a instituição deve continuar o rumo de crescimento. “A alta gestão dará todo apoio necessário para a evolução da PRF no estado. Nosso dever é cuidar da população. Com iniciativas inovadoras, infraestrutura e proteção individual do policial diferenciada, de acordo com as peculiaridades do Rio, vamos trazer mais segurança para as rodovias federais”, explicou Hott.

Adriano Marcos Furtado, diretor-geral, falou sobre a estratégia de gestão nacional e os desafios. “Vamos buscar o que a polícia precisa, priorizando o efetivo, a estrutura e o orçamento. Com foco em resultados na segurança pública e viária, devemos investir mais em capacitação e dar condições apropriadas aos policiais e servidores administrativos”, disse Furtado.

O chefe do Comando de Operações Especializadas e de Fronteira (COE), Fábio Elissandro Cassimiro Ramos, e o superintendente antecessor, Rafael Pinto Alvim, também integraram o dispositivo. Policiais rodoviários federais, servidores da regional e de outros estados, estiveram no auditório para prestigiar a assinatura do termo de posse.

Conheça o novo superintendente

Bacharel em Direito, Administração, Ciências Econômicas, além de graduação em Segurança Pública e pós-graduação em Gestão Organizacional, Direito Penal e Criminologia, Políticas e Gestão de Segurança Pública; e especialização em Trânsito e Transportes. É também mestre em Administração e doutorando em Direito.

O novo superintendente da PRF no Rio já ocupou a mesma função em Santa Catarina, entre os anos de 2011 e 2016. Foi coordenador-geral de operações (CGO) da Polícia Rodoviária Federal, responsável por toda a parte operacional da instituição no país, entre outras funções. Em 2007, foi secretário municipal de Segurança e Defesa Social em São José (SC), ocupando o cargo até 2008. Também foi conselheiro titular do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), entre 2015 e 2016, representante do Ministério da Justiça.

Vasques concluiu o Curso de Formação Policial em Operações Especiais, na Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, em 1994, no Batalhão de Operações Especiais (BOPE), em São José. Participou do Course SWAT School – HSS International -, no Departamento de Polícia de Orange County, na Califórnia (USA). Ainda é motociclista batedor da Polícia Rodoviária Federal.

Fonte: Cenário MT

Faça o seu comentário