Sandro Matos, gestor de São João de Meriti, homologou um a licitação no valor de R$ 1,7 bilhão

O prefeito de São João de Meriti, município da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, homologou uma licitação no valor de R$ 1,7 bilhão para concessão dos serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, isso a poucos meses do término do seu mandato.

A informação é da colunista Berenice Seara, do jornal Extra. Mas o que chama a atenção desse contrato fechado por Santos Matos com a empresa Verde Gestão de Serviços e Resíduos Ltda., é o valor, que é três vezes maior do que o orçamento da cidade aprovado para 2016. Além disso, o acordo tem caráter de exclusividade no serviço.

E não para por aí. A concessão tem validade de 30 anos, o que quer dizer que estará em vigor pelos mandatos dos próximos oito prefeitos de Meriti. O Extra ainda ressalta que o prazo é seis vezes maior do que o máximo de 60 meses para prestação de serviços fixados pela lei de licitações.

prefeito sandro

Faça o seu comentário