Agentes buscam informações que possam levar a prisão de outros criminosos

Um homem, identificado como Adriano de Oliveira Mesquita, foi preso nesta quinta-feira em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, suspeito do crime de extorsão. De acordo com a Polícia Civil, ele faz parte de uma quadrilha especializada em falso sequestro.
Ainda segundo a polícia, no dia 15 de janeiro, agentes da Terceira Delegacia de Polícia do Distrito Federal entraram em contato com equipes da 52ª DP (Nova Iguaçu) e informaram que uma pessoa tinha sido vítima de um crime de extorsão na modalidade conhecida como “falso sequestro”. A vítima recebeu uma ligação de uma pessoa simulando o sequestro de sua filha e exigindo a transferência de valores para diversas contas bancárias para que a sua filha não fosse morta.
Agentes informaram ainda que um dos depósitos no valor de R$ 9.900 foi realizado na conta do criminoso em uma agência bancária em São João do Meriti, na Região Metropolitana.
Adriano foi preso enquanto sacava dinheiro de outra vítima de extorsão. A polícia disse que ele fornecia sua conta bancária para o depósito dos valores e, após receber uma parte do dinheiro, fazia a distribuição entre os demais integrantes da organização criminosa. Ele foi encaminhado a 52ª DP (Nova Iguaçu), onde responderá pelo crime. Agentes buscam informações que possam levar a prisão de outros criminosos que pertencem a quadrilha.
Fonte: O DIA

Faça o seu comentário