• e

    Dois homem foram detidos e 81 pássaros silvestres resgatados por policiais do setor de Inteligência do Comando de Polícia Ambiental (CPAM), nesta terça-feira (24) em Campos dos Goytacazes, no norte do Rio de Janeiro. Os policiais encontraram gaiolas com diversas espécies da fauna silvestre, como trinca ferros, curiós, tizil e papagaios

  • Dois homem foram detidos e 81 pássaros silvestres resgatados por policiais do setor de Inteligência do Comando de Polícia Ambiental (CPAM), nesta terça-feira (24) em Campos dos Goytacazes, no norte do Rio de Janeiro. Os policiais encontraram gaiolas com diversas espécies da fauna silvestre, como trinca ferros, curiós, tizil e papagaios

Policiais da Inteligência do Comando de Polícia Ambiental (CPAM) resgataram 81 pássaros silvestres em Campos dos Goytacazes, no norte do estado do Rio de Janeiro. A apreensão foi feita ontem (24) após denúncias ao Linha Verde, vinculada ao Disque Denúncia e responsável pela educação, conscientização e prevenção ambiental e divulgada nesta quarta-feira (25).

Os animais silvestres de diversas espécies, como trinca ferro, curió, tizil e papagaios, foram encontrados em uma residência no bairro de Guarus e eram mantidos em cativeiro. Duas pessoas foram detidas e encaminhadas para a 146ª Delegacia de Polícia (DP) e responderão por crime ambiental, de acordo com o Artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais (9605/98), por não terem autorização de órgão ambiental para mantê-los em cativeiro. A pena vai de seis meses a um ano de detenção e multa.

As aves foram encaminhadas pelos policiais para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica, na Baixada Fluminense, onde, após receberem tratamento de recuperação física, serão devolvidos à natureza.

Em outra denúncia recebida pelo Linha Verde, uma equipe da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) encontrou uma área desmatada com aproximadamente 2 mil metros quadrados em Mendes, no sul do estado. No local, foi detido um homem acusado de ser o responsável pelo crime. Ele foi encaminhado para a 97ª DP, onde a ocorrência foi registrada.

De acordo com o Disque Denúncia, em 2015, foram registradas 113 denúncias sobre guarda e comércio de animais silvestres e 69 sobre desmatamento florestal em todo o estado. Os  crimes ambientais podem ser denunciados pelo telefone 0300 253 1177 e o Linha Verde garante o anonimato ao denunciante.