Muitas pessoas vêm nos enviando dúvidas nos questionando sobre o que é pressão arterial alta. A pressão alta – também  conhecida como hipertensão arterial sistêmica (HAS) – é uma condição decorrente da interação entre diversos fatores (por exemplo: obesidade, tabagismo, predisposição genética, etc.) e que se caracteriza por níveis elevados e sustentados da pressão arterial (PA) em níveis acima de 140 x 90 mmhg.  Hoje em dia sabemos que o risco de mortalidade por doença cardiovascular aumenta progressivamente com a elevação da PA a partir de 115\75 mmhg. Por isso, fique ligado nas informações que iremos lhe passar para que você não seja mais uma vítima dessa doença.

A HAS também é um problema de saúde muito pertinente em nossa sociedade, visto que 22 a 44% dos adultos possuem a doença, chegando a 50% em indivíduos de 60 a 69 anos e em 75% para os maiores de 70 anos. Ou seja, quanto mais idoso um indivíduo é, maiores são as chances dele ser portador de HAS.

O coração e a pressão arterial

Coração

O coração é um músculo de nosso organismo que funciona como uma bomba incansável. Em suas câmaras passam cerca de 5 a 6 livros de sangue por minuto, que serão ejetados através da aorta para todo o corpo a fim de transportar oxigênio para os tecidos mais distantes. A pressão arterial é a consequência da “força” que este sangue faz contra a superfície da parede interna das artérias, que não é constante e sofre diversas variações durante o dia.

Por exemplo, quando o paciente encontra-se em repouso ou dormindo – com os vasos relaxados – a pressão tende a diminuir. Por outro lado, quando o indivíduo está se exercitando ou sofrendo algum tipo de estresse, tende a aumentar.

Porque devo ficar atento?

Na maioria dos casos ocorre de forma silenciosa, ou seja, o portador não sabe que possui tal condição. Por isso, é fundamental que você procure unidades de atenção básica (Unidades Básicas de Saúde, popularmente conhecidas como “postinho de saúde”) para medida de sua pressão arterial periodicamente, caso tenha indicação.

Importância para o Brasil

A hipertensão arterial corresponde à principal causa de óbito em nosso país e também é fator de risco para diversas outras doenças, sendo – infelizmente – uma causa de significativa redução da expectativa e qualidade de vida da populacional, gerando prejuízos socioeconômicos de grande magnitude.

No Brasil, essa condição acomete em maior frequência a população masculina (35,8%) e é ainda mais prevalente em indivíduos de baixo nível de escolaridade, visto que se relaciona – e muito – com hábitos de vida prejudiciais, mais prevalentes nesse último grupo. Por isso já lhe parabenizo por ter começado a ler este blog! Informação de qualidade é a principal arma contra essa terrível enfermidade.

Em nosso país, a HAS tem alta prevalência (ou seja, é muito presente) e apresenta baixo controle, sendo um dos principais fatores de risco passíveis de intervenção e um dos principais problemas de saúde pública.

Ocorrência a nível global

Se analisarmos a situação a nível global, constataremos que a HAS acomete cerca de um bilhão de indivíduos, gerando 7,1 milhões de mortes ao ano em todo mundo. Note que é uma doença muito pertinente em todas as sociedades – principalmente nos países mais desenvolvidos – e por isso, realizar um diagnóstico precoce é imprescindível.

pressão alta

Pronto! Agora que você já sabe o que é pressão arterial alta, pode também se aprofundar sobre o tema ;)Acesse http://www.ebookpressaoalta.com/ e adquira nosso guia exclusivo.

 

 

Um abraço!

Dr. João Paulo Furtado Silva

Faça o seu comentário