Motorista de ônibus é preso após atropelar e matar bombeiro no Rio

0
189

Valdir das Mercês Júnior teria atropelado o homem no Rio para que ele saísse da frente do veículo. Além disso, ele arrastou e matou a vítima

O motorista de ônibus Valdir das Mercês Júnior foi preso, nesta segunda-feira (2/1), no Rio de Janeiro, acusado de atropelar de propósito, arrastar e matar um bombeiro de 58 anos. O mandado de prisão foi cumprido por policiais da 12ª DP, localizada em Copacabana. O crime aconteceu na madrugada deste domingo (1º/1), na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, Zona Sul do Rio.

De acordo com as investigações, Valdir jogou o veículo em cima do homem para que ele saísse da frente. O delegado adjunto da 12ª DP, Sandro Caldeira, relatou que o caso foi registrado, de maneira inicial, como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Isso porque o motorista afirmou que o bombeiro estava bêbado, entrou na frente do ônibus e que ele não tinha conseguido frear a tempo. Entretanto, após analisar as câmeras de segurança e colher depoimentos de testemunhas, os policiais chegaram a uma versão diferente.

“Em menos de 24 horas, conseguimos reunir provas robustas que mostram o oposto do que foi narrado pelo motorista do ônibus em sua oitiva: os vídeos e as testemunhas confirmam que houve clara intenção do motorista em atropelar a vítima, com o objetivo que ele saísse da frente do veículo, inclusive a arrastando por alguns metros”, explicou o delegado.

O delegado André Leiras, titular da 12ª DP, pediu a prisão temporária de Valdir, que foi deferida pela Justiça. O motorista foi levado, na tarde desta segunda-feira (2/1), para a delegacia e será conduzido para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Lá, o profissional deve passar por uma audiência de custódia.

Fonte: Metrópoles