SÃO FREI GALVÃO, O PRIMEIRO SANTO BRASILEIRO

Foi realizado neste último dia 25/10 Missa em homenagem ao Frei Galvão na paroquia Maria Mãe da Igreja Comunidade Imaculada Conceição, no Bairro Campo Lindo Seropédica, presidida pelo Vigário da Paroquia Jeferson silva de Oliveira.

Dezenas de pessoas vieram receber as bênçãos do Frei Galvão, como também suas pílulas milagrosas, o Padre Jeferson falou na Homilia quem cura não é a pílula que faz, mas sim a fé em Deus que nos traz a cura de todos os males.

O Padre Jeferson falou que certo dia, Frei Galvão foi procurado por um senhor muito aflito, porque sua mulher estava em trabalho de parto e em perigo de perder a vida.  Frei Galvão escreveu em três papelinhos o versículo do Ofício da Santíssima Virgem: Pos partum Virgo, Inviolata permansisti: Dei Genitrix intercede pro nobis (Depois do parto, ó Virgem, permaneceste intacta: Mãe de Deus, intercedei por nós). E deu-os ao homem, que por sua vez levou-os à esposa. A mulher ingeriu os papelinhos, que Frei Galvão enrolara como uma pílula, e a criança nasceu normalmente. Caso idêntico deu-se com um jovem que se estorcia com dores provocadas por cálculos visicais. Frei Galvão fez outras pílulas semelhantes e deu-as ao moço. Após ingerir os papelinhos, o jovem expeliu os cálculos e ficou curado.  Esta foi a origem dos milagrosos papelinhos, que, desde então, foram muito procurados pelos devotos de Frei Galvão, e até hoje o Mosteiro fornece para pessoas que têm fé na intercessão de Servo de Deus.

 

Faça o seu comentário