A jornalista foi desligada após 20 anos apresentando o ‘Sem Censura’ e falou ao EGO após se manifestar no Facebook nesta quinta-feira, 8.

Leda Nagle (Foto: Marcos Serra Lima / EGO)

Leda Nagle recebeu a notícia de que seu contrato com a TV Brasil não seria renovado na quarta-feira, 7. A notícia – que foi publicada inicialmente no portal de Regina Rito – deixou a apresentadora e o público que acompanha seu trabalho perplexos. Leda apresenta o “Sem Censura” há mais de 20 anos. Nas redes sociais, ela recebeu incontáveis mensagens de apoio.

Nesta quinta-feira, 8, a jornalista fez um post no Facebook falando sobre o episódio. “Confesso que preferia ficar calada neste momento. Recolhida, lambendo minhas feridas, me reorganizando, repensando a vida com o coração e a razão. Mas, ao mesmo tempo, me sinto na obrigação de esclarecer esta situação que me surpreendeu ontem e que ainda não posso dizer, sinceramente, que assimilei ou degluti. Mas vamos lá”, escreveu.

 

E explicou: “Há dois meses procurei a direção da EBC para saber se iriam renovar meu contrato que terminou no dia 5 de novembro, como mandava nosso contrato. A resposta foi: sim. Fizemos três reuniões falando do assunto, cumpri as regras burocráticas e continuei no ar, mesmo sem contrato, cumprindo minhas obrigações de acordo com as normas que acreditava vigentes. Tanto o Presidente da EBC como seus subordinados também agiam como se tudo estivesse certo. Segundo me diziam eles, ‘o contrato está acabando de ser feito pelo jurídico’. Sempre foi assim, demorado, sempre teve validade de um ano, de 5 de novembro de um ano até 5 de novembro do outro ano. Ontem, me convocaram para uma reunião e me apresentaram um aditivo (tipo um remendo de contrato) que vale por dois meses e termina dia 5 de janeiro, coincidentemente dia do meu aniversário. ‘Estamos sem dinheiro para continuar. Você fica até 5 de janeiro. Em março você propõe alguma coisa e a gente pode até conversar'”.

“Foi muito feio. Fiquei e estou muito triste”
“Leda não escondeu a decepção. “(…)Tenho 40 anos de televisão. Estou fazendo o ‘Sem Censura’ há quase 21 anos. Gosto muito do programa e da minha equipe. E, mais do que triste, fiquei perplexa com a falta de caráter em dar a palavra de que estava tudo certo, que o contrato seria renovado, deixar a pessoa trabalhar normalmente, sem contrato, acreditando na palavra empenhada e aparecer com advogado, um aditivo e esta desculpa esfarrapada da falta de dinheiro. Não houve nenhuma proposta de redução do valor do contrato, nenhuma tentativa de composição, nem nas reuniões anteriores nem a uma hora da tarde de ontem, quando Laerte Rimoli me demitiu. Foi assim. Foi muito feio. Fiquei e estou muito triste. Mas vida que segue. Sou uma mineira guerreira. Bola pra frente, com certeza. Se Deus quiser”, afirmou.

Leda Nagle (Foto: Marcos Serra Lima / EGO)

“Vou me recompor, se Deus quiser”
Procurada pelo EGO, Leda reafirmou tudo que já havia postado, e acrescentou: “Eu achei uma pena, mas sou a parte interessada (risos)”. Ela disse ainda que não teve tempo de pensar em novos projetos. “Como vivo disso, é minha profissão e ofício, eu estou procurando emprego, a verdade é essa. Claro que todo mundo tem um monte de projetos, mas não tem nada encaminhado, então tenho que reformular minha vida. Primeiro, vou ficar meio perdida e, depois, vou me recompor, se Deus quiser. Vou procurar alguma coisa nesse sentido, mas não tem nada concreto. Estou desempregada, essa é a verdade. Eu trabalho com a verdade há 40 anos, então vou falar a verdade”, afirmou.
A jornalista disse que para ela, o grande problema foi a forma como foi desligada. “O incorreto foi terem ficado dois meses me cozinhando, dizendo que estava tudo certo. Eles tinham todo o direito de me demitir, de não renovarem o contrato, mas tinham que ter sido honestos e não foram. Falar isso na hora de assinar, achei muito deselegante”, falou.

Famosos fazem campanha na web para permanência
de Leda Nagle na TVl (Foto: Reprodução/Instagram)

Famosos fazem campanha na web
Na manhã desta quinta, Leda ganhou mais um apoio de peso. Nomes famosos, como o humorista Paulo Gustavo, a atriz Cristiana Oliveira e até o padre Fábio de Melo usaram as redes sociais para compartilhar um post com a hashtag “#FicaLedaNagle”, pedindo para a apresentadora não deixar o programa.
Em junho, Leda comemorou 40 anos na televisão e relembrou sua trajetória em entrevista ao EGO. “Eu era toda hippie, com o cabelo desgrenhado, a calça toda rasgada e um brinco de pena numa orelha só. Não era muito o padrão para aparecer na televisão e, aos poucos, fui me moldando. Fui penteando o cabelo, abandonando os vestidões, os óculos, e aparecendo um pouco mais”, contou Leda, que passou pelos telejornais “Bom Dia Brasil”, “Jornal do Amanhã”, “RJTV” e “Jornal Hoje”.

Fonte: http://ego.globo.com/televisao/noticia/2016/12/leda-nagle-faz-desabafo-apos-ser-demitida-de-tv-falta-de-carater.html