Quebrando o Silêncio é um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência doméstica promovido anualmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países da América do Sul (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai), desde o ano de 2002.

A campanha se desenvolve durante todo o ano, mas uma das suas principais ações ocorre sempre no quarto sábado do mês de agosto. Este é o “Dia de ênfase contra o abuso e a violência”, quando ocorrem passeatas, fóruns, escola de pais, eventos de educação contra a violência e manifestações na América do Sul.

Crianças, mulheres e idosos são as principais vítimas de atos violentos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a violência responde por aproximadamente 7% de todas as mortes de mulheres entre 15 e 44 anos no mundo. Em alguns países, até 69% das mulheres relatam terem sido agredidas fisicamente e até 47% declaram que sua primeira relação sexual foi forçada.

Em 2013, a ênfase da campanha é voltada às crianças e tem como tema Perigos em Rede. O projeto ‘Quebrando o Silêncio’ aposta na orientação e educação como instrumentos eficazes para diminuir os riscos de crimes sexuais na internet. Um levantamento feito pela empresa de segurança KaperskyLab, a partir da ferramenta de Controle dos Pais, mostrou que mais de 52 milhões de tentativas de visitas a redes sociais e mais de 25 milhões de tentativas de acesso a sites pornográficos foram registrados nos cinco primeiros meses desse ano.

A coordenadora sul-americana do projeto, Wiliane Marroni, explica que foi produzida uma revista com linguagem adaptada ao público infantil que enfoca as ameaças principais no ambiente virtual. “A campanha desse ano chama a atenção de pais e mães para a necessidade de auxiliar seu filho a conviver de maneira saudável na web tomando alguns cuidados nesse ambiente”, ressalta a coordenadora. A revista pode ser acessada no site http://quebrandoosilencio.org/2013/07/10/revistinha2013/

Inúmeras igrejas Adventistas estarão com projetos para o próximo sábado, 24 de agosto. Haverá uma grande concentração no Parque de Madureira-RJ a partir das 14h30 com presença de corais jovens, feira de saúde, palestras, desbravadores, aventureiros, Turma do Nosso Amiguinho, entre outros. Em Itaguaí haverá uma mobilização de conscientização em semáforos às 8h e às 11h, na Igreja Adventista – Rua Fernando Alberto de Oliveira, 246 – haverá uma palestra sobre os riscos das amizades virtuais com a advogada, professora e musicista Mírian Pitta. Ambos eventos serão abertos, gratuitamente, ao público. A Igreja pede que todos se envolvam nesta nobre causa. O momento é de unir forças e apresentar um posicionamento firme. Orientações por meio de órgãos competentes como: delegacia da mulher, conselho tutelar, disque 100, ligue 180, são maneiras de encontrar segurança e apoio para a superação de traumas.

 

 

Gustavo Aguiar – Diretor de Comunicação

 

Faça o seu comentário