Assassino esperou as vítimas entrarem no carro da empresa para fazer os disparos

 
 
As vítimas foram mortas com tiros na cabeça
As vítimas foram mortas com tiros na cabeça – Reprodução de Internet

Dois funcionários da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foram executados depois de um corte de energia por falta de pagamento. João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva foram mortos com tiros na cabeça em Sítio Natureza, em Paço do Lumiar. O criminoso seria Pablo Martins Silva, de 18 anos, dono da casa que estava com as contas atrasadas.

Segundo testemunhas, não houve qualquer discussão entre o homem e os funcionários da Cemar. O criminoso teria esperado a dupla entrar no carro da companhia para fazer os disparos. A empresa disse que acompanhará a investigação.

Fonte: Meia Hora