Técnicos da Fundação estão entre os delegados do poder público das regiões Costa Verde, Norte e Noroeste

 A Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro será um dos órgãos públicos a representarem regiões do estado na Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que deve acontecer até abril do próximo ano. Os delegados da Costa Verde, do Norte e do Noroeste foram definidos durante duas etapas territoriais, nos últimos dias 15 e 16.

Com o objetivo de selecionar os representantes da sociedade civil e do poder público e discutir propostas que serão levadas ao encontro de 2016, os eventos contaram com mais de 50 pessoas cada. Na etapa estadual, serão escolhidos os delegados que representarão o Rio de Janeiro na 2ª Conferência Nacional de Ater (CNATER) e os principais debates e demandas acerca do assunto.

Norte e Noroeste – O Norte e Noroeste do estado se reuniram e promoveram uma única Conferência Territorial de Ater, que selecionou 18 delegados para representar cada território, sendo 12 da sociedade civil e 6 de instituições públicas. Na primeira região, a Fiperj foi escolhida para representar o setor da pesca e aquicultura por meio do chefe do Escritório Regional (ER) Norte I (com sede em Campos dos Goytacazes), Luis Bernabe Castillo; e na segunda, por meio da chefe do ER Noroeste I (localizado em Santo Antônio de Pádua), Caroline Lisboa, e da extensionista Aline Thomasi. O evento aconteceu na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), em Campos, no último dia 15, e contou também com a presença do chefe interino do ER Noroeste II (sediado em Itaperuna), Diogo Fonseca, e do analista de recursos pesqueiros do ER Norte I, Sergio Luiz.

Costa Verde – No encontro do Território Rural da Baía de Ilha Grande foram selecionados 14 delegados (9 da sociedade civil e 5 do poder público) e o extensionista Fausto Silvestri do ER Costa Verde da Fundação (com sede em Angra dos Reis) foi o escolhido para representar o setor na região. Além dele, o extensionista Genaro Barbosa participou da conferência, que aconteceu no Espaço de Eventos Hilux, em Itaguaí, no último dia 16. A Fundação disponibilizou ainda uma van para o transporte de representantes de órgãos públicos, prefeituras e comunidades tradicionais e pescadores, dos municípios de Paraty, Angra e Mangaratiba.

Conferência Nacional – A 2ª CNATER está prevista para acontecer entre os dias 31 de maio e 3 de junho de 2016, com o tema “Ater, agroecologia e alimentos saudáveis”. O objetivo é estabelecer estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da Ater pública e de qualidade aos agricultores familiares e produtores rurais do Brasil, visando ampliar a produção de alimentos para todos. Realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a etapa nacional é precedida de conferências territoriais, municipais, intermunicipais e estaduais.

0 1 2