Todos os dias milhares de veículos trafegam pela Antiga Estrada Rio São Paulo BR 465, transportando trabalhadores como também veículos de carga. Esta estrada foi inaugurada em 1928, e naquele tempo o número de veículos era muito pequeno, já na década de 50 ela foi melhorada, mas o fluxo de veículos ainda era pequeno, com o aumento de veículos circulando pela Estrada Rio São Paulo técnicos fizeram vários projetos para sua melhoria, com promessa de obras de duplicação. Mas o atraso em realizar melhorias nesta rodovia causam congestionamentos enormes, esta rodovia em vez de ajudar a trazer progresso para o Brasil, está trazendo prejuízos enormes para os empresários, motoristas, moradores, como também para os municípios onde está rodovia corta.

O percurso de 1 km entre o Viaduto Oscar Brito até o entroncamento da Estrada Cabuçu e Rio São Paulo o transeunte leva em média 40 minutos para fazer este deslocamento, trazendo enormes prejuízos para os trabalhadores que moram em Seropédica ou Nova Iguaçu e trabalham no Rio de Janeiro, porque precisam acordam pelo menos 11/2 hora antes para chegarem a tempo no trabalho.

São enormes crateras no meio da pista, em vez em quando vimos veículos com os pneus cortados, caminhões com a suspensão quebradas, acidentes fatais por falta de sinalização, acostamento e iluminação. Quase todos os dias veículos são roubados a luz do dia, porque tem de reduzir a velocidade por causa dos inúmeros quebra-molas e também por causa dos buracos no meio da pista.

Em breve a BR 493 (Arco Metropolitano) estará sendo inaugurado melhorando o transporte de cargas do Porto de Sepetiba, e diminuindo o tempo de viagem até a Região dos Lagos. Mas com isso o trafego de veículos pela Antiga Rio São Paulo ira triplicar, aumentando os engarrafamentos. Moradores dos Municípios de Seropédica e Nova Iguaçu que são os mais prejudicados por este descaso, solicitam que o Governo Federal traga logo uma solução para esta população tão sofrida.

2345