Ex-ministro petista passa a noite na Superintendência da PF na capital do Paraná; José Dirceu se entregou à Polícia nesta sexta-feira (17)

José Dirceu
Marcelo Camargo/ABr

Tribunal manteve condenação de José Dirceu por recebimento de propina

Menos de 24 horas depois de se apresentar, com cinco horas de atraso, na sede da Polícia Federal, em Curitiba, o ex-ministro José Dirceu foi transferido na manhã deste sábado (18) para o Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana da capital paranaense.

José Dirceu passou a noite na Superintenência da PF, após manutenção de sua pena na Operação Lava-Jato pelo Tribunal Regional Federal (TRF-4).PUBLICIDADE

Em sua segunda condenação na Lava Jato , Dirceu deverá cumprir oito anos e dez meses de prisão. Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF), ele é acusado de receber propina em um contrato superfaturado da Petrobras com a empresa Apolo Tubulars, fornecedora de tubos para a estatal, entre 2009 e 2012.

Parte dos valores, que chegaram a R$ 7.147.425,70, foram repassados a Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, e parte a Dirceu. Para disfarçar o caminho do dinheiro, José Dirceu e seu irmão usaram, segundo a denúnica, a empresa construtora Credencial para receber valor de cerca de R$ 700 mil, tendo o restante sido usado em despesas com o uso de aeronaves em mais de 100 vôos feitos pelo ex-ministro.

Fonte: Ultimo Segundo IG

Faça o seu comentário