Semana Cultural Indígena ocupará espaços da cidade com programação diversificada

De 18 a 24 de abril, o povo carioca poderá  conhecer mais sobre suas raízes

De um decreto getulista de 1943, como forma de homenagear a presença indígena na formação do Brasil, surgiu o dia 19 de abril como data comemorativa do Dia do Índio. Hoje, a força dos povos originários, e de quem os apóia, transformou o mês de abril no mês de (re)conhecimento da sua cultura e saberes tradicionais, das suas cores e tramas, das histórias, das lutas e da maneira de viver dos mais antigos antepassados de todos os brasileiros.

Na época do “descobrimento”, eram mais de cinco milhões de indígenas de diversos povos distintos que habitavam o Brasil. Com a chegada dos colonizadores europeus muitos destes povos desapareceram e mudanças ocorreram na forma de vida de várias etnias, mas a presença indígena está em toda a parte: nos nomes de praias, bairros, montanhas, cidades, na gastronomia, na maneira de ser e de viver do povo brasileiro.  Sem falar que até o gentílico carioca tem sua origem no nome de uma das maiores aldeias Tupinambá, a aldeia Karióka, uma das dezenas de aldeias que existiam no entorno da Baía de Guanabara.

Apesar de serem os primeiros habitantes do Brasil, os indígenas vivem em luta permanente para o reconhecimento de suas culturas e pela regularização e demarcação de seus territórios. E para combater o preconceito e a desinformação que ainda existe com relação aos índios é importante a realização de encontros e eventos indígenas que permitam a toda a sociedade brasileira (re)conhecer e orgulhar-se de suas raízes étnicas e culturais. Por isso é tão relevante e oportuno a realização da Semana Cultural Indígena Rio 2016.

Com este objetivo, a Associação Indígena Aldeia Maracanã – AIAM, a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e o Museu da Justiça do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, convidam a todos para celebrar o Dia do Índio, oferecendo ao público carioca, visitantes da cidade e turistas a Semana Cultural Indígena Rio 2016 que este ano será realizada ao longo de toda a semana de 18 a 24 de abril e com uma programação de vários eventos que serão realizados em três espaços nobres da cidade do Rio:

 

–         MOSTRA PAJÉ FILMES DE CINEMA INDÍGENA no Museu da Justiça de 18 a 20 de abril,, segunda a quarta-feira, das 15h às 18h

 

–          CELEBRAÇÃO DO DIA DO ÍNDIO na Biblioteca-parque Estadual em 19 de abril, terça-feira, das 10h ás 18h

 

–          GRANDE FEIRA CULTURAL INDÍGENA no Parque Lage, sábado 23 e domingo 24 de abril, das 9h às 17h

 

–          PALESTRA O Rio antes do Rio proferida pelo autor do livro de mesmo nome, Rafael Freitas da Silva, seguida de debate com o público, no Museu da Justiça e no Parque Lage.

Nestes diversos eventos indígenas serão oferecidos ao público carioca e visitantes do Rio de Janeiro uma feira cultural com exposição e venda de artesanato indígena, pintura corporal, apresentações culturais de grupos indígenas de diversas etnias como Pataxó, Fulni-ô, Guarani, Kayapó, Puri e de outros povos indígenas do Brasil, mostra de filmes etnográficos, contação de histórias indígenas, falas, debates e manifestação de lideranças indígenas.

Uma oportunidade única da população do Rio apreciar a autêntica cultura indígena tradicional e descobrir que a tão decantada “carioquice” tem sua origem no espírito indígena dos povos originários que já habitavam esta “Pindorama” milhares de anos antes de 1500 quando houve a invasão desta terra pelos colonizadores europeus.

SEMANA CULTURAL INDÍGENA RIO 2016

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

 

        MOSTRA PAJÉ FILMES DE CINEMA INDÍGENA

LOCAL: Museu da Justiça do Tribunal da Justiça do Rio de Janeiro, atrás do Fórum do Rio

Dia 18 de abril, segunda-feira:

•             15 às 18h – Exibição de filmes indígenas

•             18h – Palestra “O Rio antes do Rio” de Rafael F. da Silva

•             19h – Debate com autor do livro

Dia 19 de abril, terça-feira:

•             15 às 18h – Exibição de filmes indígenas

Dia 20 de abril, quarta-feira:

•             15 às 18h – Exibição de filmes indígenas

•             18h – Exibição do filme “O Índio no Poder” de Rodrigo Siqueira

 

 

        DIA DO ÍNDIO NA BIBLIOTECA-PARQUE ESTADUAL (BPE)

LOCAL: Biblioteca-parque Estadual, da Secretaria de Estado de Cultura, na Av. Presidente Vargas 1261, ao lado do Campo de Santana

Dia 19 de abril, terça-feira:

PROGRAMAÇÃO PARA ESCOLAS (período da manhã)

•             10h – Recepção e boas-vindas a alunos de escolas

•             10h a 12h30 – Atividades culturais indígenas

•             Contação de histórias

•             Oficina de canto e dança

•             Mostra de cinema indígena (programa infanto-juvenil)

•             Pintura corporal

•             Feira de artesanato indígena

 

PROGRAMAÇÃO PARA PÚBLICO HABITUAL DA BPE

•             12h30 às 14h – Mostra de cinema indígena (programa adulto)

 

PROGRAMAÇÃO PARA ESCOLAS (período da tarde)

•             14h – Recepção e boas-vindas a alunos de escolas

•             14h a 17h – Atividades culturais indígenas

•             Contação de histórias

•             Oficina de cantos e danças

•             Mostra de cinema indígena (programa infanto-juvenil)

•             Feira de artesanato indígena

•             Pintura corporal

 

 

        GRANDE FEIRA CULTURAL INDÍGENA PARQUE LAGE

LOCAL: Parque Lage

DIA: 23 e 24 de abril, sábado e domingo

HORÁRIO: das 9h às 18h

PROGRAMAÇÃO DO DIA 23/04:

•             Grande Feira de Artesanato Indígena

•             Exposição e venda de arte indígena

•             Pintura corporal dos visitantes

 

PROGRAMAÇÃO DO DIA 24/04:

•             Grande Feira de Artesanato Indígena

•             Exposição e venda de arte indígena

•             Pintura corporal dos visitantes

•             Apresentações culturais indígenas

•             Grupo multiétnico Aldeia Maracanã

•             Grupo Pataxó da Bahia

•             Grupo Fulni-ô de Pernambuco

•             Grupo Kayapó do Pará

•.           Grupo Puri do Rio

 

•             Contação de histórias na Oca Huni Kuin

 

•             Debates e falas de lideranças indígenas na Oca Huni Kuin

 

•             Mostra de Cinema Indígena no auditório do Palacete EAV

Das 13 às 16h

 

•             Palestra “O Rio antes do Rio” de Rafael Freitas da Silva

No salão nobre do Palacete do EAV às 16h

Debate com público às 17h

 

 

 

FICHA TÉCNICA DO EVENTO:

 

        Realização:

o          AIAM Associação Indígena Aldeia Maracanã

o          SEC Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro

o          Museu da Justiça do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

 

        Apoio de produção:

o          EAV Escola de Artes Visuais

o          Oca Lage Organização Social

o          Pajé Filmes

 

        Assessoria de Imprensa:

o          COMUNICADORA Assessoria de Comunicação – Thereza Dantas

21 – 982263516 – [email protected]

mTTDo9W UDtUFaO XAttm5f