Chuvas provocam deslizamento em estradas do Rio

0
67

Com previsão de chuva pelo menos até o fim de semana, a Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro monitoram as precipitações em todo o estado. Os municípios de Laje do Muriaé, Aperibé e Santo Antônio de Pádua declararam situação de emergência. Cambuci e Engenheiro Paulo de Frontin instalaram gabinetes de gestão de crise. A Sedec-RJ também acompanha de perto a situação em Itaperuna, Italva e Cardoso Moreira.

Nas últimas 24h o Corpo de Bombeiros atendeu a 50 ocorrências relacionadas às chuvas, como deslizamentos, desabamentos, inundações, salvamento de pessoas ilhadas e cortes de árvores. De sexta até agora, foram mais de 260 atendimentos.

No trânsito, é preciso ter atenção, principalmente nas estradas. Algumas rodovias do Rio já registram deslizamentos e há pontos de interdição. Na manhã desta segunda-feira, a RJ-127 foi interditada, na altura do quilômetro 27, devido a um deslizamento de barreira, que provocou a queda de dois postes. A via foi liberada parcialmente ao tráfego após 7 horas.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) informa que o trecho do deslizamento segue interditado e sem previsão de liberação por ainda haver riscos de queda de barreira em função da instabilidade do terreno. A rota alternativa para os usuários que trafegam pela via é a RJ-129.

Um buraco se abriu às margens da RJ-158, próximo ao Parque de Exposição de são Fidélis. O local já foi vistoriado e não apresenta perigo imediato, de acordo com o DER. No local, foi feito um cordão de asfalto de contenção provisório até que o tempo melhore e o departamento consiga trabalhar no conserto.

Fonte: Jornal Extra