Depois de ter sido demitido da CNN Brasil por defender o chamado “tratamento precoce”, o jornalista Alexandre Garcia comemorou neste sábado (25) a inscrição de 2 milhões de pessoas em seu canal oficial no YouTube.

Nas redes sociais, ele escreveu: “E chegamos a 2 milhões nesta manhã de sábado. Juntos, no YouTube”.

“Você que me acompanhava todos os dias só no ‘Liberdade de Opinião’ da CNN, agora pode continuar me seguindo diariamente”, acrescentou.

Demissão

Em nota, a CNN Brasil declarou que a saída do comentarista se deu em razão de o mesmo reiterar a defesa do “tratamento precoce”, o que a emissora  classificou como “uso de medicamentos sem eficácia comprovada”.

“A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo”, finaliza o comunicado.