Na tarde desta segunda-feira (7/04), os estudantes da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) fizeram manifestação no prédio da Reitoria, em protesto pela falta de infraestrutura e de segurança no campus. A mobilização aconteceu logo após assembleia, que reuniu aproximadamente 500 estudantes. Cerca de 250 deles fizeram manifestação no prédio principal (P1). Com palavras de ordem eles reivindicaram melhorias no campus e prometeram ocupar a reitoria caso as promessas feitas não sejam cumpridas.

Os discentes reivindicam que a Reitoria cumpra o termo de compromisso já assinado para dar andamento às obras que precisam ser feitas. Os manifestantes também reivindicam a realização de uma auditoria externa nas contas da instituição. Os estudantes mostraram um dossiê documentado com fotos que evidencia os graves problemas de infraestrutura vivenciados pela Universidade. Algumas irregularidades administrativas apontadas pelo Relatório de Auditoria Anual de Contas (referente ao exercício de 2011), emitido pela Controladoria Geral da União (CGU), também tem sido levado em consideração pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFRRJ.

 Luiz Paulo Magalhães estudante da UFRRJ e que faz parte do DCE (Diretório Central dos Estudantes) fala que os alunos tem uma pauta muito grande de reivindicações, como maior investimento em infraestrutura, iluminação, segurança no campus, acessibilidade, e lutam contra a precarização das instalações das salas de aulas e laboratórios.  André Flores fala que o DCE está apoiando uma manifestação autônoma dos alunos que cobram os programas de reformas estruturais principalmente nos equipamentos de tecnologia e do departamento de química: “Esta é uma reclamação histórica, que vai desde o abandono das salas de aula, questão dos ar condicionados, as condições mínimas para assistirmos as aulas durante o verão ou dias muito quentes, temos problemas de assaltos na ciclovia, as ruas de dentro da universidade estão esburacadas, área de esporte abandonada, muitos dos problemas são estruturais das universidades Brasileiras, outros são de má gestão com o dinheiro público. Finaliza.

2345

 

Faça o seu comentário