A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), instituição vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, prepara uma importante expansão da Rede pela Baixada Fluminense. Entre os municípios beneficiados, está o de São João de Meriti, que recebe até junho a sua primeira Faculdade de Educação Tecnológica (Faeterj).

Com investimentos de mais de R$1 milhão, a unidade terá curso Superior em Tecnologia de Controle de Obras, e oferta de 152 vagas por ano. Até junho, a Faetec abre o vestibular contemplando 76 oportunidades para início do segundo semestre.

Na Faeterj São João de Meriti, os alunos serão habilitados a fiscalizar, acompanhar e monitorar a qualidade das obras por meio de padrões tecnológicos, além de dominar aspectos de segurança, instalação laboratorial, entre outros. Introdução à Construção Civil, Métodos e Técnicas de Medição e Gestão de Obras, são alguns exemplos de matérias oferecidas na faculdade.

Com área total de 3 mil metros quadrados, a unidade é composta por seis salas de aula, sendo todas climatizadas para que os alunos coloquem em prática os exercícios de construção civil, solo, asfalto e cerâmica. Em média, o profissional ganha R$ 2.500 no início da carreira, podendo chegar a R$5.000, de acordo com a experiência e formação continuada.

A unidade será instalada no mesmo prédio onde já funciona, desde 2008, o Centro Vocacional Tecnológico (CVT) São João de Meriti, que já forma profissionais para o setor de Construção Civil. Mais de 3 mil alunos já passaram por lá, em cursos de qualificação como Almoxarife de Obras, Encanador Instalador Predial, Pedreiro de Alvenaria. Um dos destaques é o Técnico em Edificações, já ofertado na escola e, a partir da criação da Faeterj, poderá ser uma boa opção para dar continuidade aos estudos na área.

Na Baixada Fluminense, 28 unidades da Faetec oferecem oportunidades em diversos segmentos da economia. Só em 2013 foram 58 mil vagas. Para 2014, além da Faeterj São João de Meriti, estão programados os CVTs Seropédica, Austin (Nova Iguaçu), Piabetá (Magé). As quatro escolas novas deverão, juntas, ter pelo menos mais 6 mil oportunidades por ano. Com isso, a Fundação visa favorecer a economia local, democratizando o acesso da população à Educação Profissional pública, gratuita e de qualidade.

 

Endereço: Avenida Dionísio Rocha, quadra G, lote 26, Parque Araruama, São João de Meriti

 

Faça o seu comentário