Foto: Keanu Reeves - 2019, por Governo do Estado de São Paulo via Flickr (CC BY 2.0)
Foto: Keanu Reeves – 2019, por Governo do Estado de São Paulo via Flickr (CC BY 2.0)

Keanu Reeves, o ator libanês que vem conquistando o coração dos internautas, esteve no Brasil por um breve período para as gravações de uma série produzida e estrelada por ele. Reeves teve uma vida cheia de altos e baixos, o que contribuiu para o seu acolhimento pelos fãs espalhados pelo mundo.

De costumes bastante simples, é possível encontrar Keanu Reeves passeando livremente por Nova York, cidade em que mora e na qual utiliza o transporte público para se locomover. A web, aliás, delira com as fotos do ator em momentos cotidianos, sentado em bancos públicos sem se incomodar com a possibilidade de ser reconhecido.

A série que trouxe Reeves ao país chama-se Conquest. O enredo, de acordo com o site https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/08/30/filmagens-de-serie-com-keanu-reeves-provocam-mudancas-em-onibus-no-centro-de-sp.htm, ambienta-se em um futuro distópico, retratando a metrópole como um local acolhedor e humanitário aos refugiados.

Quem conhece a filmografia de Reeves provavelmente tem grandes expectativas para a estreia da série. Seu primeiro filme, Veia de campeão, de 1986, não trouxe ao ator o prestígio de outras produções famosas das quais participou, como Velocidade máxima, de 1994, filme em que ele fez par romântico com ninguém menos do que Sandra Bullock em uma história de ação eletrizante. Advogado do Diabo, de 1997, também foi um sucesso de críticas, mas foi com a trilogia Matrix, lançada de 1999 a 2003, que o ator realmente se alicerçou no estrelato. Aliás, embora a sinopse oficial ainda não tenha sido divulgada, já podemos esperar por Matrix 4 em 2021, conforme apontado em https://www.omelete.com.br/matrix/matrix-4-o-que-ja-sabemos#23.

A saga Matrix é uma referência no âmbito do cinema desde seu primeiro filme, há 20 anos. A abordagem à diversidade religiosa e filosófica flerta com as fantasias mitológicas e com a cultura oriental. A história acontece em um universo no qual as máquinas dominaram a humanidade, controlando suas mentes por meio de implantes cibernéticos que fazem a ponte entre o mundo real e a realidade simulada, chamada de Matrix. O que era complexo anos atrás, hoje já não é tão fora da nossa realidade.

Foto: Matrix Poster, por Steve Troughton via Flickr (Public Domain)
Foto: Matrix Poster, por Steve Troughton via Flickr (Public Domain)

O sucesso da saga influenciou diversos setores, como a moda e os games, um universo que já abraçou Reeves a ponto de incluí-lo no jogo Cyberpunk 2077, que deve chegar ao mercado no próximo ano. Enquanto este jogo não está ao nosso alcance, é possível se aventurar pela Matrix por meio do caça-níquel disponível em https://casino.betfair.com/pt-br/c/slots e tentar salvar a humanidade da tirania das máquinas, assim como na jornada vivida por Neo. Devido ao carinho que os fãs têm por Keanu Reeves, jogos um pouco mais peculiares inspirados no ator também já foram criados, como um simulador de date, divulgado em https://www.torcedores.com/noticias/2019/07/jogo-te-desafia-a-conquistar-keanu-reeves-o-queridinho-da-internet. O próprio Keanu se considera um cara solitário, mas ainda tem esperanças de que isso tenha fim. 

A carreira de Keanu Reeves nunca parou de crescer, assim como a admiração que seus fãs têm por ele. Sua fama de bom moço, que não parece ser nada forjada, uma vez que seu engajamento em causas de financiamento de estudo são discretas, também ajuda muito em sua reputação. Ele continua ganhando popularidade por sua postura humilde, além, é claro, do seu talento inegável nas telonas – e, agora, também na telinha. Resta aguardarmos por mais informações sobre Conquest e Matrix 4, que certamente não irão nos decepcionar.