Rússia – As autoridades policiais da Rússia estão em alerta máxima para a Copa do Mundo, que começa em junho. O grupo terrorista Estado Islâmico já avisou que vai transformar o maior evento do futebol num ‘mar de sangue’.

De acordo com o jornal britânico ‘The Mirror’, o grupo radical já mapeou alguns locais da Rússia para fazer seus ataques e pretende usar drones armados para realizar seus ataques.

Outra tática do EI é a utilização de homens-bomba nas suas ações. Eles também prometem técnicas diferentes para poder ludibriar as autoridades locais.

As ameaças do Estado Islâmico começaram desde o ano passado, quando utilizaram montagens com Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo sendo ‘degolados’ por seus membros.