O homem, que estava sem identificação, aparenta ter aproximadamente 30 anos

Funcionários da Light encontraram um corpo de um homem dentro de uma galeria subterrânea da concessionária na Avenida Presidente Wilson, no Centro, na manhã desta segunda-feira (8). Segundo a concessionária, o homem morreu enquanto tentava realizar furtos de cabos de energia.

De acordo com a Polícia Militar, agentes do 5ºBPM (Praça Harmonia) estavam em patrulhamento pela região quando foram informados do ocorrido. No local, os policiais constataram o fato e isolaram a área. A perícia foi acionada e a ocorrência ainda está em andamento.

Segundo os Bombeiros, o corpo foi encontrado em frente ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE) por volta das 5h30. O homem, que estava sem identificação, aparenta ter aproximadamente 30 anos.

De acordo com a Light, técnicos foram acionados durante a madrugada desta segunda (8) para atuar em ocorrência na rede subterrânea de energia na localidade. Ao chegarem , os profissionais encontraram o corpo de um homem, morto após tentar furtar cabos de energia, no interior de uma caixa subterrânea.

A empresa acionou o Corpo de Bombeiros e está realizando os reparos necessários na rede, danificada pelo ato de vandalismo. A Light ressalta que o furto de cabos prejudica a qualidade do fornecimento de energia, além de poder ocasionar acidentes, muitas vezes fatais, como o caso de hoje.

Em nota, a concessionária informou ainda que apenas profissionais da Light, ou de empresas prestadoras de serviço, devidamente treinados e equipados, estão autorizados a fazer intervenções junto à rede elétrica. Neste sentido, a empresa pede para que o cliente, ao perceber qualquer movimentação diferente próxima à rede da companhia, entre em contato pelo telefone 0800-021-0196.

Fonte: Meia Hora