A moradora do Bairro Jardins em Seropédica, Jully Anny da Silva Nascimento, de 20 anos, estará presente representado o Brasil no Campeonato Pan-Americano de Kickboxing, que irá acontecer no México. 

No mês de maio passado, Jully se destacou no município de Rio Bonito no campeonato de kickboxing, onde era classificação para o campeonato Brasileiro de kickboxing, e lá ganhou na modalidade de k1 no peso de 65 kg. No último dia 5 de julho Jully participou do Campeonato Brasileiro de Kickboxing na cidade de Maringá no Paraná e foi classificada para participar do Pan-Americano de kickboxing que será realizado no México (Cancun), no dia 23 de outubro de 2018.

Das 18 lutas no qual participou em campeonatos, Jully tem 13 vitórias e 5 derrotas, ela faz parte da Equipe Metanóia /FJU que fica no Km 40 em Seropédica.

Jully fala ao Seropédica Online sobre sua trajetória: ” Meu trabalho para chegar até ao México, foi muito difícil, não tinha ajuda de patrocinadores, só de minha mãe e parentes. Você sabe que hoje em dia sendo atleta não é nada fácil, nada é, os lugares das lutas algumas são distantes, você tem que pagar hospedagem, passagem, alimentação, e sem ter ajuda, fica muito complicado você evoluir para lugares distantes de meu município. Hoje as oportunidades que você tem pra crescer, ser uma atleta profissional são extremamente pequenas, não são todos que conseguem, são oportunidades grandes, únicas, porém em lugares distantes. Treino pelo menos uma vez ou duas na semana, porque eu sei que se eu não for atrás de coisas novas, técnicas, resistência, treinos intensivos, eu não vou a lugar algum, tentei sempre me destacar bastante em todos os campeonatos e ter nome. E se eu cheguei até aqui, ter conseguido essa oportunidade de ir pro México representar o Estado do Rio de Janeiro e o Município e Seropédica, foi porque eu corri atrás disso, sem desistir e persistir sempre. Teve dias que já cheguei tarde em casa, diversas vezes pra no dia seguinte treinar de novo, tendo que participar de vários campeonatos todo o mês, mas todo campeonato o custo é caro e na maioria das vezes não tenho dinheiro, para correr atrás dos nossos sonhos e objetivos, e os objetivos não param nunca, quando eu comecei a praticar, eu não tinha pretensão alguma de levar isso pra frente, mas nós nascemos com dom, só temos que descobrir que dom é esse, e hoje com certeza eu sei que meu dom é praticar arte marcial, é ser atleta de kickboxing e Muay Thai“. Destaca jully.

Quem puder ajudar nossa atleta de Seropédica, por favor depositem qualquer quantia na conta da Caixa Econômica Federal, agencia 3071, operação 013, Conta poupança 00029166-5,  CPF 119.277.077.30; Obrigado.

 

 

Edição de matérias sobre Seropédica e atualidades.

Faça o seu comentário