Secretaria de Educação Cultura e Esportes de Seropédica criando novos talentos no Futebol Brasileiro

Terceiro fim de semana dos jogos da Baixada, o maior evento socioesportivo da região, teve emoção do início ao fim. Dos 1 jogos de futebol de campo na categoria sub-17, disputados entre sábado e domingo na Vila Olímpica de Duque de Caxias, cinco foram decididos na marca do pênalti.

Isso inclui as duas partidas da semifinal e a decisão, entre Seropédica e Nilópolis. Deu Seropédica que levou o bicampeonato da competição ao bater Nilópolis por 3 a 1 nos pênaltis, depois de um empate sem gols no tempo regulamentar.

O time de Queimados. Que superou Nova Iguaçu por 4 a 3 nos pênaltis na primeira fase, foi eliminado na segunda etapa para Duque de Caxias ao perder por 3 a 1, também na cobrança de penalidades. E Nilópolis só avançou para semifinal após acertar 14 cobranças, obrigando alguns jogadores a ficar duas vezes de frente com o goleiro.

Na semifinal Nilópolis venceu Mesquita por 2 a 0 nos pênaltis. E Seropédica superou Duque de Caxias por 3 a 2.  Apesar do empate sem gols nos 40 minutos do tempo regulamentar na final entre Seropédica e Nilópolis, foi um jogo movimentado e com chances de gols para as duas equipes.

Marcelinho camisa 10 de Nilópolis, desperdiçou duas chances claras de gol. Em uma delas, ficou de frente com o goleiro e tentou encobri-lo. Mas a bola foi para fora. Em outro lance, recebeu um lançamento e tentou bater de primeira, mas pegou mal na bola. Seropédica dava o troco com o meio Yan, que quase fez um golaço num chute de fora da área.

Com a Vitória e o Título pelo segundo ano seguido, o volante Victor, de Seropédica, desabou no chão e não segurou as lagrimas. Em seguida foi abraçado. Em seguida foi abraçado por todos os companheiros. “Aqui é Seropédica, moleque” disse um deles. Em meio a comemoração os Jogadores fizeram uma roda, e cantaram uma música religiosa, e rezaram o Pai Nosso e deixaram o campo aos gritos de Bicampeão.

TALENTO PARA O FUTURO BEM PRÓXIMO

Seropédica manteve campeão desde 2015, com os guerreiros, Lucas, Luiz Felipe, volante Victor, o meia Yan e o atacante Gabriel.

CAMPEONATO DE FUTEBOL

Faça o seu comentário