Foi inaugurada neste sábado (6), a Escolinha de Futebol do Flamengo, no Club Social de Seropédica e contou com a presença dos jogadores do Master do Flamengo e ex craques de futebol, Nélio, Adílio, Renato Carioca, Beto e Andrade e também a presença de Antônio Lima, Coordenador Geral das Escolinhas de Futebol do Brasil.

A iniciativa de trazer uma escola de futebol, partiu do então Presidente do Clube Social do 47, Eduardo (Dudu). Dudu diz que o pensamento da nova diretoria é trazer tudo de bom para seus associados e a Escolinha de Futebol é um dos projetos para revitalizar o Clube: “Uma de nossas obrigações como gestores do clube é utiliza-lo para o bem comum e uma escolinha de futebol a nível de Flamengo irá ajudar nossas crianças a se desenvolver no meio esportivo, que além de educar, traz saúde e outros benefícios.” comemora.

O Coordenador Geral das Escolinhas de Futebol, Antônio Lima, disse que o Flamengo foi o primeiro Clube de Futebol do Brasil a ter a iniciativa de construir uma rede de franquia de escolas de futebol: “Nós somos líderes no mercado de franquia em todo Brasil e temos 130 Escolinhas de Futebol com mais ou menos 12.000 alunos.” Destaca.

O Gestor oficial da Escolinha de Futebol de Seropédica, Luiz Guilherme Timóteo Ferreira, disse: “Hoje para nós está sendo um dia muito feliz, estamos inaugurando a Escolinha de Futebol do Fla. Faremos várias brincadeiras e sorteios com os pais e as crianças. Os nossos alunos além de futebol, aprendem a socialização e disciplina, que são regras principais do futebol. A prática esportiva está ligada diretamente aos cuidados com a saúde e a diversão. O futebol, por exemplo, além de ser um excelente entretenimento, evita problemas como a obesidade infantil. Nossa intenção é educar as crianças através do esporte, não viemos aqui achar o Neymar, achar o Neymar é consequência, nós queremos ser coadjuvantes na educação do aluno, cobrar disciplina, cobrar notas boas na escola. Já inscrevemos dezenas de alunos, muitos deles os pais não torcem para o Flamengo e trazem seus filhos na intenção de ajuda-los na saúde e educação”.

“Aqui abrimos a porta para todos, nós usamos a marca Flamengo pela força da marca e pela organização do trabalho, aqui o aluno pode ser botafoguense, fluminense, vascaíno, todos serão tratados da mesma forma” Luiz Guilherme.

O jogador do Master do Flamengo, Adílio de Oliveira Gonçalves, falou ao Seropédica Online, que deixou de ser jogador profissional para ser educador: “Adílio disse que para ele a palavra educar e transferir aquilo que aprendemos. No meu caso eu fiz Faculdade de Educação Física na Castelo Branco e tudo que aprendi eu transfiro para meus alunos. Nós procuramos ensinar disciplina, a criança disciplinada é bom filho e bom aluno na escola. Outra parte importante é socializar as crianças, aprenderem a conviver entre si, com outras crianças, isso vimos na calmaria, na aprendizagem, no comportamento, os alunos aprendem de como lidar com situações adversas, com isso a criança aprende que não é só correr atrás da bola, e terem uma educação e ter sabedoria no comportamento dentro e fora do campo. Aconselho a todos os pais que coloquem seus filhos desde cedo a aprender esporte” Disse Adílio.

Estiveram presentes o Vice-Prefeito Amaurildo Soares e o Vereador Bruno do Depósito.