Esta é a segunda vez que Jully Anny da Silva Nascimento, de 20 anos, Campeã Nacional de Kickboxing, vai a uma escola incentivar os alunos a praticar esporte.

Desta vez o convite partiu da Diretora do Colégio Estadual Barão de Tefé, professora Marcia Ribeiro Paiva. Marcia relatou que Jully Anny estudou neste colégio e era uma menina estudiosa e gostava de praticar esporte. “Jully é um exemplo de superação, mesmo sem condições financeiras, ela não desanimava, Jully sabia que seu esforço um dia teria resultados satisfatórios”. Comemora Marcia.

A professora de empreendedorismo, Tatiana Lima, iniciou a palestra falando sobre determinação, superação e força de vontade; “Todos nós podemos ser campeões em qualquer atividade esportiva, campeão de notas boas na escola, e vencer na vida, basta ser determinado a conquistar seus objetivos. A nossa ex-aluna é uma prova disso. Uma menina pobre que conquistou sua posição no esporte em que pratica. O esporte faz mais do que estimular a atividade física, ele ajuda ao jovem a se tornar um grande cidadão, ensina honestidade, respeito ao próximo, dedicação dentro e fora da sala de aula. Mesmo quem não se tornar atleta pode compreender que a vida é feita de sacrifícios, de escolhas e a gente tem que lutar para conseguir o que deseja”, afirma Tatiana.

Jully Anny iniciou sua palestra falando sobre as dificuldades que teve desde o inicio de sua carreira: ““Tenho muitas dificuldades em treinar e participar de torneios, por falta de patrocínio, atualmente no Brasil, poucas pessoas investem no esporte, preciso de treinamento constante, para meu corpo ficar fortalecido. O esporte traz uma série de benefícios para a saúde. O que muita gente não sabe é que a mente também é estimulada, o esporte educa e ajuda o jovem a se afastar de fazer coisas erradas”.

“Eu saía da escola, ia malhar, à tarde voltava para casa para fazer meus deveres e depois ia treinar Muay Thai. Eu fazia isso diariamente, e foi a minha vontade e o incentivo do meu técnico que nunca me fez desistir, apesar de ter pensado nisso algumas vezes”, completou a atleta, que destaca a importância de incentivar a prática esportiva nas escolas.

Dando continuidade à sua palestra Jully relatou que se dedica ao esporte desde 12 anos, mas que aos 17 que iniciou sua carreira no Kickboxing. “Nas 18 lutas no qual participei em campeonatos, tive 13 vitórias e 5 derrotas. No mês de maio passado, fui vitoriosa no município de Rio Bonito no campeonato, onde era classificação para o campeonato Brasileiro de kickboxing. E no último dia 5 de julho participei do Campeonato Brasileiro de Kickboxing na cidade de Maringá no Paraná e fui classificada para participar do Pan-Americano de kickboxing que será realizado no México (Cancun), no dia 23 de outubro de 2018”.

Após a palestra os alunos se reuniram com o Presidente do Grêmio Estudantil, Gabriel Moreira Freitas e resolveram ajudar Jully Anny a ter condições de viajar. Gabriel relata que vão fazer uma vaquinha e comprar uma Cesta de Chocolate para fazer rifa, e doar todo dinheiro arrecadado para Jully.

 

 

 

 

 

Edição de matérias sobre Seropédica e atualidades.

Faça o seu comentário